Clube Naval Charitas

Cidade Maravilhosa ganha Ice Bar em janeiro

Cidade Maravilhosa ganha Ice Bar em janeiroDez graus negativos em plena Cidade Maravilhosa. A possibilidade é capaz de deixar qualquer meteorologista, no mínimo, confuso, mas deve virar realidade no mês que vem. Além disso, outras cenas consideradas impossíveis no Rio de Janeiro vão pintar no verão carioca: pessoas com luvas e casacos térmicos, bebendo drinks, rodeadas de mobílias feitas de gelo. Tudo isso acontecerá no estacionamento do supermercado Prezunic, na Barra da Tijuca, onde será montada uma estrutura inspirada nos ice bars, bastante conhecidos no exterior.

— Será um bar totalmente feito de gelo, com paredes, mesas e decoração que vão remeter ao Rio. O morro Dois Irmãos poderá virar um posto de esqui, por exemplo — adiantou o diretor-geral do Prezunic, José Rafael Vasquez, que idealizou o projeto na cidade: — É um sonho que eu vinha acalentando.

O bar funcionará temporariamente, de 12 de janeiro a 12 de março. Para ganhar o passe para o refresco no verão, será necessário comprar R$ 60 em cervejas Devassa, Baden Baden ou Eisenbahn, no Prezunic. As roupas apropriadas para a diversão serão fornecidas no local. Mas os visitantes deverão esperar de três a cinco minutos, num ambiente a 17ºC, antes de entrar no bar, a fim de se prepararem para a mudança de temperatura.

— A pessoa literalmente entrará numa fria. Lá dentro, ela ganhará um shot de saquê como cortesia. Teremos até VJ animando — disse Vasquez.

COMO ENTRAR NESSA FRIA

Ingresso – A compra das cervejas da Brasil Kirin poderá ser feita em qualquer uma das 31 lojas do Prezunic. A entrada do cliente será com data e hora marcadas por meio do Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) de qualquer filial.

Visita – A permanência máxima no bar de gelo será de 20 minutos. O espaço terá capacidade para 20 pessoas.

Roupas – Será preciso estar de calça comprida e sapatos fechados para entrar no ambiente.

No mundo – Existem ice bars em vários países, como Austrália, Dubai, China e Estados Unidos. O primeiro na América do Sul foi montado no Chile. No Brasil, houve um em São Paulo.

Publicado em: 27 de dezembro de 2015, por: 

Comentários