Arquivo da categoria: Cinema

7 Anos do Cine Jazz com Jam Session no Clube Naval

Acontece no sábado, dia 16/12, às 21h, no Clube Naval Charitas, palco do Bar da Praia, a festa Cine Jazz 7 Anos, que vai celebrar os sete anos do projeto com uma Jam Session  comandada pelo trio do guitarrista Felipe Castro com participações especiais do cantor Marcos Hasselmann e do baixista Renato Rockett, entre outros músicos  e convidados-surpresa que se revezarão nesta linda festa.  Nos intervalos, pista de dança com o DJ Gourmet DeJazz (Jazz & Latin Swing). 

Sobre o CINE JAZZ

Idealizado e criado pelo produtor , pesquisador e jornalista Paulo Renato Rocha, o Cine Jazz  estreou em 2011 no MAC (Museu de Arte Contemporânea de Niterói ) com a proposta de democratizar o workshop musical e atrair publico interessado em conhecer a história do jazz e da musica instrumental brasileira, assim como os  artistas do gênero, sem a obrigatoriedade do domínio da teoria musical, exigida  aos profissionais do ramo .

Em 2013 , o projeto passou a acontecer no Museu do Ingá, numa parceria da  Secretaria Municipal de Cultura com o Centro de Artes UFF. Com um formato inédito que inclui no mesmo programa, exibição de filme, palestra e pocket show com artista convidado, o Cine  Jazz trouxe a Niterói ao longo desses sete anos, músicos e artistas de prestígio como Jaques  Morelenbaum, Wagner Tiso, Nivaldo Ornelas, Roberto Menescal, Léo Gandelman, Gílson  Peranzetta, Pascoal Meirelles, Osmar Milito,Ricardo Silveira, Mauro Senise, Robertinho  Silva, Arthur Maia, Carlos Malta, Leonardo Amuedo, Taryn Spizman, Claudio Infante, Marcos Nimrichter, Antonio Adolfo,  Chico Batera, Victor Biglione, Zé Nogueira, BB Kramer e Marcos Ariel  entre  muitos outros . 

Serviço:

7 Anos do Cine Jazz com Jam Session no Clube Naval
Data: Sábado, 16 de dezembro  de 2017
Horário: 21h
Ingresso: R$ 20,00
Local: Clube Naval Charitas – Bar da Praia
Endereço: Rua Carlos Ermelindo Marins, 68 – Jurujuba – Niterói – RJ
Telefone: (21) 2109-8110
Classificação indicativa: 14 Anos

 

 

 

 

Thierry Frémaux no Reserva Cultural de Niterói

Na próxima sexta-feira, 1 de dezembro às 20h30, o diretor do Festival Cannes, Thierry Frémaux, vai estar no Reserva Cultural, em São Domingos, para a pré estreia do lançamento do seu filme “Lumière! A Aventura Começa”, distribuído pela Imovision. A sessão especial será seguida de debate, além de drink a todos presentes, convidados e clientes do cinema. As vendas de ingressos já estão disponíveis e custam R$ 31 (inteira) e R$ 15,50 (meia-entrada). A estreia em circuito nacional está confirmada para 14 de dezembro.
 
Sobre “Lumière! A Aventura Começa”
 
Em 1895, Louis e Auguste Lumière inventaram a cinematografia e capturaram os primeiros filmes na história das imagens em movimento. Com a descoberta da mise-en-scène, tracking shots, e inclusive, efeitos especiais, eles inventaram a arte do cinema em si. Com imagens nostálgicas e apaixonantes, “Lumière! A Aventura Começa” nos insere sob o olhar dos consagrados irmãos Louis e Auguste Lumière, que inventaram a cinematografia e capturaram os primeiros filmes na história das imagens em movimento. Com a descoberta da mise-en-scène, tracking shots, e inclusive, efeitos especiais, eles inventaram a arte do cinema em si.
 
O filme tem a produção de Bertrand Tavernier, trilha sonora de Camille Saint-Saëns e edição de Thomas Valette, Fabrice Calzettoni, Maëlle Arnaud e do próprio Thierry Frémaux. A obra tem classificação etária livre e duração de 90 minutos.
 
SOBRE O ARTISTA
Thierry Frémaux nasceu em 29 de maio de 1960 em Tullins (Isère). Desde 2007, Frémaux desempenha o cargo de diretor do mais prestigiado festival de cinema do mundo, o Festival de Cannes. Thierry Frémaux também é presidente do Instituto Lumière em Lyon, no qual trabalhou como voluntário desde sua fundação. Durante muitos anos, esteve profundamente envolvido na preservação da Coleção Lumière (filmes e fotos) e na restauração dos primeiros filmes da história do cinema. Amigo pessoa de atrizes como Nicole Kidman e diretores como Martin Scorsese, Thierry Frémaux tem provavelmente o celular mais recheado de contatos de estrelas de cinema.
 
O Reserva Cultural fica na Av. Visconde do Rio Branco, 880 em São Domingos.
 

Cine Jazz tributo ao pianista Herbie Hancock 

O Solar do Jambeiro recebe mais uma edição e a última do ano de 2017 do Cine Jazz, na terça-feira, 28 de novembro, às 19h. O tradicional evento musico-cinematográfico prestará tributo ao pianista Herbie Hancock. O músico convidado da noite é o carioca Marcos Ariel.

Sobre Herbie Hancock 

Poucos pianistas têm ou tiveram uma carreira tão fecunda quanto o norte-americano Hancock, que já atravessa algumas décadas como um dos maiores pianistas da história do Jazz. Nascido em Chicago em 1940, o musico inicia sua carreira com o trompetista Donald Byrd , resposável pelo seu inicio de carreira no selo Blue Note em 1962 . No ano seguinte Miles Davis o chama para integrar seu quinteto, considerado pelos críticos o mais importante grupo da história do jazz. Herbie também é um dos principais compositores do gênero e um dos autores que mais contribui para o Realbook (publicação americana que reúne os principais temas de jazz da história e reeditado periódicamente) com composições como “Maiden Voyage”, “Dolphin Dance”, “Tell Me a Bedtime Story”, “Cantaloupe Island” , “Watermelon Man”, “Cahamaleon” e “Butterfly” e outras. Sua extensa e premiada discografia inclui não só o jazz, mas incursões por outros estilos musicais como o fusion, a música folk e a musica erudita, que fazem do músico um dos maiores instrumentista vivos.

O filme que será exibido registra o concerto de Herbie Hancock com o quinteto de Miles Davis gravado em Milão na Itália em 1964.

O músico convidado é o carioca Marcos Ariel , renomado pianista da cena instrumental brasileira desde 1981, quando lançou o álbum “Bambu”, até os dias atuais como integrante da Banda ZIL , juntamente com Zé Renato, Zé Nogueira, Claudio Nucci e Ricardo Silveira.

O Cine Jazz é uma realização da Secretaria Municipal de Cultura de Niterói / FAN com curadoria de Paulo Renato Rocha. 

Serviço:

Cine Jazz tributo ao pianista Herbie Hancock 
Data: Terça-feira, 28 de novembro de 2017
Horário: 19h
Capacidade: 60 lugares
Entrada Franca
Classificação indicativa:14 Anos
Local: Solar do Jambeiro
Endereço: Rua Presidente Domiciano, nº 195, São Domingos
Telefone: (21) 2109-2222

Tour do Pica Pau no Reserva Cultural em Niterói

Ainda em comemoração ao Dia das Crianças, no próximo dia 14 às 12h30min, o personagem PicaPau fará um tour no Reserva Cultural, em São Domingos. O querido personagem chegará em Niterói para fazer a alegria da criançada para muita brincadeira, diversão e fotos. Além da presença do brincalhão na cidade sorriso o filme PicaPau continua nas telonas do Reserva com exibição às 13h, 14h40min e 16h20min.

O travesso PicaPau está metido em mais uma de suas divertidas brigas por território, e dessa vez os inimigos são o vigarista Lance Walters (Timothy Omundson) e sua namorada Brittany (Thaila Ayala). Eles estão determinados a construir a sua grande casa dos sonhos mas, para isso, precisam derrubar a casa do PicaPau, que promete não deixar barato.

E para quem quer aproveitar o feriado para ir no cinema, o Reserva Cultural continua recebendo o Festival do Rio, que começou no último dia 5 e vai até o próximo dia 15. Para essa quinta feira, 12, 10 filmes serão exibidos, com destaque para João de Deus – O Silêncio é uma Prece às19h40min e A Comédia Divina às 21h30m. Ambas as sessões terão presença de convidados.

Em João de Deus – O Silêncio é uma Prece a presença será do diretor Candé Salles será uma atração a parte. O filme conta a história de uma investigação sobre os grandes fenômenos de cura que ocorrem na Casa Dom Inácio de Loyola, na cidade de Abadiânia, interior de Goiás. É lá que o médium João de Deus atende pessoas do mundo inteiro, onde são realizados tratamentos espirituais que incluem cirurgias espirituais sem cortes de pele, sem anestesia e sem infecções pós-operatórias. Esses fenômenos atraem por volta de mil pessoas por dia, sendo dois terços delas estrangeiras.

E em A Comédia Divina o diretor Toni Venturi e elenco prometeram assistir à sessão. Abalado por sua baixa popularidade, o Diabo resolve vir à Terra fundar sua própria igreja. Os pecados são virtudes e devem ser estimulados. Utilizando a televisão, o Coisa Ruim potencializa seu poder de sedução para difundir a nova religião. Raquel, uma jovem e ambiciosa jornalista, é uma das primeiras a cair sob seu domínio. Baseado no conto “A igreja do Diabo”, de Machado de Assis.

Já na sexta, 13, o diretor do filme O Formidável, Michael Hazanavicius, também dará o ar da graça no evento às 19h.E às 21h15min o ator Nahuel Perez Biscayart, estrela do filme 120 Batimentos Por Minuto, já confirmou presença. O Formidável é uma comédia dirigida pelo Michel Hazanavicius e tem no elenco nomes como Louis Garrel, Stacy Martin e Bérénice Bejo. O filme se passa em 1967 em Paris. Jean-Luc Godard, o mais influente cineasta de sua geração, está filmando ‘La Chinoise’ com a mulher que ama, Anne Wiazemsky, 20 anos mais jovem. Eles são felizes, atraentes, apaixonados e se casam. Mas a recepção do filme desencadeia uma profunda reflexão em Gordard. O segundo tem direção e roteiro de Robin Campillo, produção de Hugues Charbonneau and Marie e é um drama. Conta a história de um grupo ativista, Act Up, que está intensificando seus esforços para que a sociedade reconheça a importância da prevenção e do tratamento em relação a Aids, que mata cada vez mais há uma década. Recém-chegado ao grupo, Nathan (Arnaud Valois) logo fica impressionado com a dedicação de Sean (Nahuel Pérez Biscayart) junto ao grupo, apesar de seu estado de saúde delicado.

A venda na bilheteria acontece somente no dia da exibição. A programação completa e diária estará disponível no site do Reserva. O evento é uma realização do Festival do Rio em parceria com o Reserva Cultural e apoio da FAN e Secretaria de Cultura de Niterói. O Reserva Cultural fica na Av. Visconde do Rio Branco, 880 em São Domingos e abre os portões a partir das 11h30min.

Programação Reserva Cultural de 06 a 15 de Outubro

Em 2017, a história acelera diante de nossos olhos. O cinema, como a arte da urgência, segue retratando o estado do mundo nas telas. O Festival do Rio, em sua missão de trazer o que de mais criativo e plural se produz ao redor do globo, chega à sua 19ª edição trazendo mais de 250 títulos, que viajam dos bastidores de Hollywood a uma pequena vila na República do Congo, da guerra na Síria à Guerra Fria nos EUA. Serão 11 dias de maratona onde exibiremos o Leão de Ouro de Veneza e o Urso de Ouro de Berlim, além de novos trabalhos de alguns dos maiores mestres da sétima arte.
     
       
         
   
     
   
   
         
   

                          FESTIVAL DO RIO 2017

         Reserva Cultural Niterói – de 06 a 15 de Outubro

 

Direção: Reserva Cultural Niterói 
Elenco: Festival do Rio

Em 2017, a história acelera diante de nossos olhos. O cinema, como a arte da urgência, segue retratando o estado do mundo nas telas. O Festival do Rio, em sua missão de trazer o que de mais criativo e plural se produz ao redor do globo, chega à sua 19ª edição trazendo mais de 250 títulos, que viajam dos bastidores de Hollywood a uma pequena vila na República do Congo, da guerra na Síria à Guerra Fria nos EUA. Serão 11 dias de maratona onde exibiremos o Leão de Ouro de Veneza e o Urso de Ouro de Berlim, além de novos trabalhos de alguns dos maiores mestres da sétima arte.

COMPRE
 
         
         
    BLADE RUNNER 2049

SALA 1 – De 06 a 11 às 15h – 18h – 21h

Direção: Denis Villeneuve
Elenco: Ryan Gosling, Harrison Ford, Ana de ArmasTrinta anos após os acontecimentos do primeiro filme, a humanidade está novamente ameaçada, e dessa vez o perigo pode ser ainda maior. Isso porque o novato oficial K (Ryan Gosling), desenterrou um terrível segredo que tem o potencial de mergulhar a sociedade no completo caos. A descoberta acaba levando-o a uma busca frenética por Rick Deckard (Harrison Ford), desaparecido há 30 anos.

COMPRE
 
         
         
    PICA-PAU

SALA 3 – Do dia 06 a 11/10 às 13h20 – 19h e às 17h30 na Sala 5

Direção: Alex Zamm
Elenco: Timothy Omundson, Thaila Ayala, Scott McNeilO brincalhão e travesso Pica-Pau está metido em mais uma de suas divertidas brigas por território, e dessa vez os inimigos são o vigarista Lance Walters (Timothy Omundson) e sua namorada Brittany (Thaila Ayala). Eles estão determinados a construir a sua grande casa dos sonhos mas, para isso, precisam derrubar a casa do Pica-Pau, que promete não deixar barato.

COMPRE
 
         
         
    KINGSMAN – O CÍRCULO DOURADO

SALA 5 – De 06 a 11/10 às 14h50 – 21h35

Direção: Matthew Vaughn
Elenco: Taron Egerton, Mark Strong, Colin FirthUm grandioso ataque destrói o quartel-general Kingsman, obrigando Eggsy (Taron Egerton), Merlin (Mark Strong) e cia a unirem forças com o equivalente estadunidense da agência, os Statesman. Britânicos e norte-americanos ignoram as diferenças em defesa do mundo, ameaçado pelos planos da vilã Poppy (Julianne Moore).

COMPRE
 
         
         
    COMO NOSSOS PAIS

SALA 3 – Dia 06 a 11/10 às 15h – 17h

Direção: Laís Bodanzky
Elenco: Maria Ribeiro, Clarisse Abujamra, Paulo VilhenaRosa (Maria Ribeiro), 38 anos, é uma mulher que se encontra em uma fase peculiar de sua vida, marcada por conflitos pessoais e geracionais: ao mesmo tempo em que precisa desenvolver sua habilidade como mãe de suas filhas, manter seus sonhos, seus objetivos profissionais e enfrentar as dificuldades do casamento, Rosa também continua sendo filha de sua mãe, Clarice (Clarisse Abujamra), com quem possui uma relação cheia de conflitos

COMPRE
 
         
         
    BINGO – O REI DAS MANHÃS

SALA 3 – Do dia 06 a 11/10 às 20h45

Direção: Daniel Rezende
Elenco: Vladimir Brichta, Leandra Leal, Augusto MadeiraCinebiografia de Arlindo Barreto, um dos intérpretes do palhaço Bozo no programa matinal homônimo exibido pelo SBT durante a década de 1980. Barreto alcançou a fama graças ao personagem, apesar de jamais ser reconhecido pelas pessoas por sempre estar fantasiado. Esta frustração o levou a se envolver com drogas, chegando a utilizar cocaína e crack nos bastidores do programa.

COMPRE
 
         
         
    A GAROTA DO ARMÁRIO

SALA 1 – Do dia 06 a 11/10 às 13h

Direção: Marc Fitoussi
Elenco: Jeanne Jestin, Emilie Dequenne, Camille ChamouxUma jovem de quatorze anos de idade que tem que experimentar trabalhar por uma semana como parte de um projeto escolar. Por isso, sua mãe arranja um estágio para a menina na companhia de seguros onde trabalha como executiva júnior. Porém, enquanto re-organiza um armário de armazenamento a jovem descobre alguns segredos desagradáveis que a empresa mantém escondido e que podem envolver sua mãe.

COMPRE
 
         
         
    Mãe!

SALA 5 – de 06 a 11/10 às 19h20

Direção: Darren Aronofsky
Elenco: Jennifer Lawrence, Javier Bardem, Ed HarrisUm casal tem o relacionamento testado quando pessoas não convidadas surgem em sua residência acabando com a tranquilidade reinante.

COMPRE
 
         
         
    AMOR, PARIS E CINEMA

SALA 5 – de 06 a 11/10 às 13h10

Direção: Arnaud Viard
Elenco: Arnaud Viard, Irène Jacob, Louise ColdefyAos 45 anos, Arnaud quer ter um filho com Chloe, rodar seu segundo filme … mas ele está bloqueado. Depois de deixar Chloe, ele volta a ensinar teatro e conhece Gabrielle …

COMPRE
 
         
         
         
         
    Av. Visconde do Rio Branco, 880 – Bairro São Domingos – NITERÓI | RJ
(21) 3604-1545
   
         

Festival do Rio no Reserva Cultural Niterói

Pelo segundo ano consecutivo Niterói estará no roteiro oficial de exibição do Festival do Rio, que acontecerá na cidade de 5 a 15 de outubro. O festival será no Reserva Cultural Niterói, em São Domingos, que completou um ano em setembro, e já virou point para os cinéfilos. Serão 94 filmes numa seleção entre os melhores do festival, que terá tapete vermelho todos os dias com presença de badalados artistas e diretores.

Jean Thomaz Bernardini, diretor do Reserva Cultural e da Imovision, ressaltou. “Niterói receberá os melhores filmes do festival. Um grande prestígio e uma honra para nós. Os niteroienses amantes do cinema não precisarão atravessar a ponte para assistir as mais recentes e inéditas produções do cinema mundial”.

Entre os destaques, por exemplo, para dia 13/10 às 21h15min o ator Nahuel Perez Biscayart, estrela do filme 120 Batimentos Por Minuto, já confirmou presença. O diretor do filme O Formidável, Michael Hazanavicius, também dará o ar da graça no evento às 19h.

O primeiro longa tem direção e roteiro de Robin Campillo, produção de Hugues Charbonneau and Marie e é um drama. Conta a história de um grupo ativista, Act Up, que está intensificando seus esforços para que a sociedade reconheça a importância da prevenção e do tratamento em relação a Aids, que mata cada vez mais há uma década. Recém-chegado ao grupo, Nathan (Arnaud Valois) logo fica impressionado com a dedicação de Sean (Nahuel Pérez Biscayart) junto ao grupo, apesar de seu estado de saúde delicado. A obra ganhou já coleciona muitos títulos como Grade Prêmio do Júri – Festival de Cannes; Queer Palm e Melhor Filme – Prêmio da Crítica FRIPESCI.

Já O Formidável é uma comédia dirigida pelo Michel Hazanavicius e tem no elenco nomes como Louis Garrel, Stacy Martin e Bérénice Bejo. O filme se passa em 1967 em Paris. Jean-Luc Godard, o mais influente cineasta de sua geração, está filmando ‘La Chinoise’ com a mulher que ama, Anne Wiazemsky, 20 anos mais jovem. Eles são felizes, atraentes, apaixonados e se casam. Mas a recepção do filme desencadeia uma profunda reflexão em Gordard. Os eventos de maio de 68 vão amplificar esse processo, e a crise que abala o cineasta irá transformá-lo profundamente, de um cineasta superstar à um artista Maoísta inteiramente fora do sistema e incompreendido. Ganhou cinco Oscar, incluindo Melhor Filme, Melhor Diretor e Melhor Ator.

O maior festival de cinema do Brasil acontece de 5 a 15 de outubro e os passaportes já estão à venda pela internet. Como de praxe, a venda na bilheteria acontece somente no dia da exibição. A programação completa e diária estará disponível no site do Reserva. O evento é uma realização do Festival do Rio em parceria com o Reserva Cultural e apoio da FAN e Secretaria de Cultura de Niterói. O Reserva Cultural fica na Av. Visconde do Rio Branco, 880 em São Domingos e abre os portões a partir das 11h30min.

Programação Reserva Cultural – 28 A 04 de Outubro


PROGRAMAÇÃO RESERVA CULTURAL NITERÓI – 28 A 04 DE OUTUBRO

NOVIDADES A CAMINHO – A partir do dia 05 de outubro o Reserva Cultural será palco da maior festa do cinema do país, O FESTIVAL DO RIO, nas salas com mais de 90 filmes inéditos de todo o mundo. Até o dia 15 de outubro, o tapete vermelho será estendido para receber atores e diretores nacionais e internacionais.  ÚLTIMOS DIAS – Até o dia 31 de setembro, a exposição DESERTO – O FILME com fotografias de Rui Poças, no piso térreo do cinema. O trabalho tem o longa-metragem homônimo com direção de Guilherme Weber. Entrada Gratuita. 03 ESTREIAS DA SEMANA – Do mesmo diretor de “Copacabana” e selecionado para mostras paralelas no Festival de Cannes 2016, A GAROTA DO ARMÁRIO; – Baseado em HQ’s que deu origem ao primeiro Kingsman – Serviço Secreto (2014), tem a direção de Matthew Vaughn (X-Men Primeira Classe), KINGSMAN: O CÍRCULO DOURADO; – Seleção oficial no Comedian Film Paris Festival 2015, AMOR PARIS CINEMA, marca o retorno de Arnaud Viard desde sua última direção em “Clara et Moi, 2004”.

SALA 1

KINGSMAN: O CÍRCULO DOURADO – 13h30 – 16h – 18H40 – 21h20

SALA 2

COMO NOSSOS PAIS  – 14h50 – 16h50 – 18h50 – 20h50

SALA 3

FEITO NA AMÉRICA – 15h

AMOR, PARIS, CINEMA – 13h20 – 19h20

A GAROTA DO ARMÁRIO – 17h10 – 21h

SALA 4

DIVÓRCIO –  14h – 20h50

MÃE! (121) –  16h10 – 18h30

SALA 5

LINO – UMA AVENTURA DE SETE VIDAS – 13h (Somente Sáb. e Dom.)

DESERTO – 14h50

BINGO, O REI DAS MANHÃS – 16h50 – 19h

JOÃO: O MAESTRO – 21h10 

ESTREIA

KINGSMAN: O CÍRCULO DOURADO (Kingsman: The Golden Circle)

Direção: Matthew Vaughn

Elenco: Taron Egerton, Colin Firth, Mark Strong

Distribuição: Fox Filmes

Gênero: Ação, Espionagem

País: EUA

Ano: 2017

Duração: 142 minutos

Classificação: Livre

Sinopse: Um súbito e grandioso ataque de mísseis praticamente elimina o Kingsman, que conta apenas com Eggsy (Taron Egerton) e Merlin (Mark Strong) como remanescentes. Em busca de ajuda, eles partem para os Estados Unidos à procura da Statesman, uma organização secreta de espionagem onde trabalham os agentes Tequila (Channing Tatum), Whiskey (Pedro Pascal), Champagne (Jeff Bridges) e Ginger (Halle Berry). Juntos, eles precisam unir forças contra a grande responsável pelo ataque: Poppy (Julianne Moore), a maior traficante de drogas da atualidade, que elabora um plano para sair do anonimato.

Saiba mais: Levemente baseado nas histórias em quadrinhos Kingsman – Serviço Secreto, escrita por Mark Millar e Dave Gibbons que também deu origem a sequência homônima. O elenco de peso do filme conta com vários oscarizados entre eles: Julianne Moore, Halle Berry, Jeff Bridges, Colin Firth e Elton John. Os atores Jeff Bridges (Homem de Ferro, 2008) e Halle Berry (Tempestade na franquia X-Men e a Mulher Gato, 2004), são os mais experts do time quando o assunto é HQ.

AMOR, PARIS, CINEMA (Arnaud fait son 2ème film))

Direção: Arnaud Viard

Elenco: Irene Jacob, Arnaud Viard, Louise Coldefy

Distribuição: Fênix Filmes

Gênero: Comédia dramática

País: França

Ano: 2014

Duração: 80 minutos

Classificação: 12 anos

Sinopse: Arnaud (Arnaud Viard), cineasta de 45 anos, planeja finalmente realizar o seu segundo filme. Porém, faltam ideias para tal: nenhum dos temas que ele pensou agradaram seu produtor. Enquanto isso, ele também almeja ter um filho com Chloe (Irène Jacob), a mulher de sua vida, mas com ela as coisas não andam. Decidido a mudar de vida, se separa dela e se torna professor em Florent, onde mudará de vida ao conhecer Gabrielle (Louise Coldefy).

Saiba mais: Conhecido na França por personagens cômicos de séries televisivas, Arnaud Viard, retorna como diretor e roteirista. Mesmo diretor de “Clara et Moi, 2004”. Seleção oficial no Comedian Film Paris festival 2015.

A GAROTA DO ARMÁRIO (Maman a Tourt)

Direção: Marc Fitoussi

Elenco: Emilie Dequenne, Jeanne Jestin, Nelly Antignac, Camille Chamoux, Annie Grégorio

Distribuição: Imovision

Gênero: Comédia

País: Bélgica. França

Ano: 2016

Duração: 110 minutos

Classificação: 12 anos

Sinopse: Uma jovem de quatorze anos precisa trabalhar por uma semana como parte de um projeto escolar. Por isso, sua mãe arranja um estágio para a menina na companhia de seguros onde trabalha. Porém, enquanto re-organiza um armário, a jovem descobre alguns segredos desagradáveis que a empresa mantém escondido e que podem envolver sua mãe.

Saiba mais: Selecionado para mostras paralelas no Festival de Cannes 2016. Do mesmo diretor de “Um Amor em Paris e “Copacabana”.  Marc Fitoussi já havia abordado uma relação entre mãe e filha no longa Copacabana (2010). “Uma comédia emocionante e divertida” – Paris Match.

EM CARTAZ

DESERTO

Direção: Guilherme Weber

Elenco: Lima Duarte, Everaldo Pontes, Cida Moreira

Distribuição: Fênix Filmes

Gênero: Drama

País: Brasil

Ano: 2017

Duração: 100 minutos

Classificação: 14 anos

Sinopse: Um grupo de artistas embarca em uma viagem apresentando um espetáculo por todo o sertão brasileiro. Mas, cansada da vida de nômade, a trupe decide se instalar em uma pequena cidade abandonada, e ali fundar a sua própria comunidade. Eles experimentam pela primeira vez uma outra forma de estar na sociedade, mas para que consigam conviver em harmonia, essas pessoas terão que enfrentar os desafios de viver um novo estilo de vida.

Saiba mais: Inspirado no livro ‘Santa Maria do Circo’, de David Toscana. O longa marca a estreia de Guilherme Weber na direção de um longa-metragem. Premiado como melhor direção de arte no Festival de Brasília 2016 e prêmio de melhor direção no Los Angeles Brazilian Film Festival 2016. Seleção oficial na Mostra Internacional de Cinema de SP 2016.

FEITO NA AMÉRICA (American Made)

Direção: Doug Liman

Elenco: Tom Cruise, Sarah Wright, Domhnall Gleeson

Distribuição: Universal Pictures

Gênero: Biografia, Suspense, Policial

País: EUA

Ano: 2017

Duração: 115 minutos

Classificação: 16 anos

Sinopse: Barry Seal (Tom Cruise) é um piloto que trafica drogas e armas para o mítico cartel de Medellín e, recrutado pela CIA, torna-se agente duplo.

Saiba mais: Baseado em uma história real, o filme que tem a direção de Doug Liman (A Identidade Bourne e Sr. E Sra. Smith) retrata uma aventura internacional baseada nas façanhas ultrajantes (e reais) de Barry Seal – um experiente piloto de jatos comerciais inesperadamente recrutado pela CIA para executar uma das maiores operações secretas da história dos EUA, e que acaba se envolvendo com o cartel de Medelin e seu patrono, Pablo Escobar.

DIVÓRCIO

Direção: Pedro Amorin

Elenco: Camila Morgado, Murilo Benicio, Luciana Paes

Distribuição: Warner Bros.

Gênero: Comédia dramática, Romance

País: Brasil

Ano: 2016

Duração: 110 minutos

Classificação: 12 anos

Sinopse: O casal Noeli (Camila Morgado) e Júlio (Murilo Benício) leva uma vida humilde, até que os dois ficam ricos depois de criar um molho de tomate que virou sucesso nacional. Com o passar dos anos os dois vão se distanciando e um incidente é a gota d’água para a separação. Enquanto vão em busca do melhor advogado para defender o patrimônio, os dois se envolvem num processo de divórcio complicado.

Saiba mais: Baseado em uma história real, o filme é estrelado por Camila Morgado e Murilo Benício. A direção fica por conta de Pedro Amorim (Mato Sem Cachorro, 2013).

MÃE! (Mother!)

Direção: Darren Aronofsky

Elenco: Jennifer Lawrence, Javier Bardem, Ed Harris

Distribuição: Paramount Pictures

Gênero: Suspense

País: EUA

Ano: 2017

Duração: 121 minutos

Classificação: 14 anos

Sinopse: Um casal tem o relacionamento testado quando pessoas não convidadas surgem em sua residência acabando com a tranquilidade reinante.

Saiba mais: O filme foi selecionado para o Festival Internacional de Cinema de Toronto em 2017 e a grande sensação do último Festival de Veneza. Do diretor Darren Aronofsky, diretor indicado ao Oscar e ao Globo de Ouro por “Cisne Negro”. Estrelado por Jennifer Lawrence, Javier Bardem, Ed Harris e Michelle Pfeiffer, acompanhado dos produtores Ari Hendel (“Fonte da Vida”, “Noé” e “Cisne Negro”) e Scott Franklin (“Réquiem Para um Sonho”, “Cisne Negro” e “O Lutador”).

COMO NOSSOS PAIS

Direção: Laís Bodanzky

Elenco: Maria Ribeiro, Clarisse Abujamra, Paulo Vilhena, Felipe Rocha, Jorge Mautner, Herson Capri, Sophia Valverde, Annalara Prates.

Distribuição: Imovision

Gênero: Drama

País: Brasil

Ano: 2016

Duração: 102 minutos

Classificação: 14 anos

Sinopse: Rosa é uma mulher que quer ser perfeita em todas suas obrigações: como profissional, mãe, filha, esposa e amante. Quanto mais tenta acertar, mais tem a sensação de estar errando. Filha de intelectuais dos anos 70 e mãe de duas meninas pré-adolescentes, ela se vê pressionada pelas duas gerações que exigem que ela seja engajada, moderna e onipresente, uma supermulher sem falhas nem vontades próprias. Até que em um almoço de domingo, recebe uma notícia bombástica de sua mãe. A partir desse episódio, Rosa inicia uma redescoberta de si mesma.

Saiba mais: Premiado no 45° Festival de Gramado como Melhor Filme, Direção, Atriz (Maria Ribeiro), Ator (Paulo Vilhena), Atriz Coadjuvante (Clarisse Abujamra) e Montagem. Urso de Prata de Melhor Roteiro e Prêmio Teddy de Melhor Filme no Festival de Berlim 2017. Menção Honrosa no Prêmio do Júri Ecumênico no Festival de Berlim 2017. “Constitui um belo retrato de personagens e uma potente descrição da transexualidade” – ADOROCINEMA.

LINO – UMA AVENTURA DE SETE VIDAS

Direção: Rafael Ribas

Elenco: Selton Mello, Dira Paes, Paolla Oliveira

Distribuição: Fox Film

Gênero: Animação

País: Brasil

Ano: 2017

Duração: 93 minutos

Classificação: Livre

Sinopse: Lino trabalha como animador de festas, mas não aguenta mais ter que suportar todos os maus tratos feitos pelas crianças, que zombam dele por trabalhar com uma ridícula fantasia de gato gigante. Determinado a mudar sua vida, ele contrata os serviços de um feiticeiro, mas, inesperadamente, a magia acaba sendo um tiro no pé e Lino se transforma justamente em um felino enorme.

Saiba mais: Do mesmo diretor de O Grilo e os Insetos Gigantes (2009).

BINGO, O REI DAS MANHÃS

Direção: Daniel Rezende

Elenco: Vladimir Brichta, Leandra Leal, Augusto Madeira

Distribuição: Warner

Gênero: Drama

País: Brasil

Ano: 2015

Duração: 111 minutos

Classificação: Livre

Sinopse: Cinebiografia de Arlindo Barreto, um dos intérpretes do palhaço Bozo no programa matinal homônimo exibido pelo SBT durante a década de 1980. Barreto alcançou a fama graças ao personagem, apesar de jamais ser reconhecido pelas pessoas por sempre estar fantasiado. Esta frustração o levou a se envolver com drogas, chegando a utilizar cocaína e crack nos bastidores do programa.

Saiba mais: Estreia de Daniel Rezende como diretor. O roteiro se baseia no período da vida de Arlindo Barreto em que interpretava o palhaço Bozo na televisão. Inicialmente seria Wagner Moura o intérprete de Arlindo Barreto, mas ele teve que desistir do projeto devido à agenda de divulgação da série Narcos. “Com uma ótima direção e elenco “Bingo – O Rei das Manhãs” é uma das melhores produções nacionais dos últimos anos.” – Cine Mundo.

 JOÃO: O MAESTRO

Direção: Mauro Lima

Elenco: Alexandre Nero, Rodrigo Pandolfo, Alinne Moraes

Distribuição: Sony Pictures

Gênero: Biografia, drama

País: Brasil

Ano: 2016

Duração: 116 minutos

Classificação: 12 anos

Sinopse: Quando criança, João Carlos Martins foi considerado um prodígio do piano. Aos poucos, sua fama ganhou os noticiários e levou o músico à Europa e a outros países da América do Sul. Estabelecido como pianista de sucesso, na fase adulta, sofre um acidente que prejudica o movimento da mão direita. João tenta se reestabelecer e, enquanto isso, apresenta-se em concertos para uma mão só. No entanto, um segundo acidente retira os movimentos da mão esquerda. João reiventa-se mais uma vez, como maestro.

Saiba mais: Filme de abertura (hors concours) no Festival de Gramado 2017. Baseado na carreira do pianista e maestro João Carlos Martins, que se tornou um fenômeno da música erudita ainda jovem e precisou superar a perda do movimento das mãos. o ator Rodrigo Pandolfo, interpreta João Carlos Martins na juventude, conta que se apavorou ao ver os vídeos do pianista tocando.

SERVIÇOS: CINEMA RESERVA CULTURAL NITERÓI

Centro Petrobras de Cinema 

Av. Visconde do Rio Branco, 880 – CEP 24O20-007

Bairro Sao Domingos – NITERÓI / RJ 

Tel.: (21) 38 11 85 37. 

Cinema

Acessibilidade.
Ar Condicionado.
Som e Imagem Digital.

Sala 1 – 196 lugares  (contando com 3 Lug.Obesos / 5 Deficientes físicos)

Sala 2 – 149 lugares (contando com 1 Lug. Obeso / 3 Deficientes físicos)
Sala 3 – 113 lugares (contando com 1 Lug. Obeso / 3 Deficientes físicos)
Sala 4 –  82 lugares (contando com 1 Lug. Obeso / 3 Deficientes físicos)
Sala 5 –  84 lugares (contando com 1 Lug. Obeso / 3 Deficientes físicos)

Total: 624 lugares

Horário de Funcionamento: 
Sessões de Segunda a domingo: 13h às 24h
Bilheteria: 12h30 às 22h (sáb. até 24h)

Bombonière: segunda a domingo: das 12h30 às 22h/ Sábado até 24h. 

Preços Ingressos:
Inteira: R$ 31 (3D : R$ 36)
Meia (Estudante): R$ 15,50 (3D : R$ 18)
De segunda a quinta, até 17h: R$ 25 / R$ 12,50 (meia) [3D: R$ 29 (inteira)/R$ 14,50 (meia)]
Quarta-feira: R$ 22 (inteira) / R$ 11 (meia) (3D : R$ 27 (inteira)/R$ 13,50 (meia)]
Crianças: até 3 anos – gratuito/ até 21 anos – meia-entrada 

Website: www.reservacultural.com.br 

Vendas pela internetwww.ingresso.com.br / www.veloxticket.com

Estacionamento

Segunda a quinta: R$ 12,00 o dia todo

Sexta, sábado e domingo: R$ 12,00/ 3 horas + R$ 4,00/ hora adicional  

Conveniados: R$ 12,00 o dia todo todos os dias

Horários de funcionamento: das 10hrs ás 24hrs todos os dias.

 

 

Festival de Cinema Plaza Open Air

Primeiro festival de cinema a céu aberto de Niterói, Plaza Open Air exibe filmes gratuitamente durante dois finais de semana

Niterói recebe a partir desta semana (21/09) seu primeiro festival de cinema a céu aberto, o Plaza Open Air. Realizado no estacionamento ao ar livre (piso G6) do Plaza Shopping Niterói, o evento aproveita o belíssimo cenário da Cidade Sorriso para exibir gratuitamente grandes sucessos do cinema durante dois finais de semana.

O festival ainda reúne food trucks e música, além de sucessos como “O Regresso”, “Animais fantásticos e onde habitam”  e  “Esquadrão Suicida” na programação. A pipoca será liberada e gratuita!

Primeiro festival de cinema a céu aberto de Niterói, Plaza Open Air exibe filmes gratuitamente durante dois finais de semana

PROGRAMAÇÃO

 

22/09 (sexta-feira)

20h: A garota do trem

23/09 (sábado)

18h: Moana

20h: Os Vingadores                                                                        

24/09 (domingo)

20h: Animais fantásticos e onde habitam

29/09 (sexta-feira)

20h: Como eu era antes de você

30/09 (sábado)

18h: Trolls

20h: Esquadrão Suicida

01/10 (domingo)

20h: O Regresso

O principal shopping de Niterói aproveita o belíssimo cenário da Cidade Sorriso para promover o primeiro festival de cinema a céu aberto da cidade, o Plaza Open Air. Contemplando uma paisagem exuberante com o Caminho Niemeyer, a Baía de Guanabara e a Ponte Rio-Niterói, o público poderá assistir gratuitamente grandes sucessos do cinema durante dois finais de semana. Shows e excelentes opções gastronômicas também fazem parte desta experiência.

“O Plaza Open Air será um marco para nós e para Niterói. Estamos trazendo o primeiro festival desse estilo para o público aqui da cidade. Em sinergia com o estilo de vida dos niteroienses, vamos promover um novo tipo de evento ao ar livre com tudo o que os moradores da região gostam: entretenimento, gastronomia, música e um visual de tirar o fôlego”, apresenta a Gerente de Marketing do Plaza Shopping Niterói, Sara Elydio.

O Plaza Open Air acontece de 21 a 24 de setembro e de 29 de setembro a 1 de outubro, sendo sexta-feira das 18h às 23h, sábados e domingos, das 14h às 23h. Em um telão de 6m de altura e 11m de comprimento serão exibidos filmes vencedores do Oscar, como “O Regresso”, “Animais fantásticos e onde habitam” e “Esquadrão Suicida”, além de sucessos de bilheteria como “Moana”, “Como eu era antes de você”, “A garota do trem”, “Os Vingadores” e “Trolls”.

Com capacidade para 300 lugares no cinema, o Plaza Open Air é o primeiro evento do shopping a ser realizado no estacionamento a céu aberto do 6º piso (G6). Pufes, mesas e bancos deixarão o ambiente aconchegante, enquanto lounges espalhados por todo evento darão ao espaço um toque de festa no rooftop.

Para acomodar toda família, o Plaza Open Air também terá um Espaço Kids com brinquedos infláveis, onde os pequenos poderão se divertir e brincar tranquilamente. Para acompanhar os filmes, a pipoca será liberada e gratuita. O público ainda poderá desfrutar de muita música e gastronomia de rua antes, durante e após os filmes. O festival abrigará trucks da NOI, Mistura Clássica, Backer, Kombrew, Barril Beer Truck, Smoked, Calavera, Vulcano, Degust Burguer, Mania de Churros, Maria Fumaça, Forneria Medieval e Jacques Burguer.

As sessões dos filmes têm entrada gratuita, mas com inscrição obrigatória. Os interessados em participar devem se inscrever através do aplicativo do Plaza Shopping Niterói, a partir da segunda-feira (18/09). Já o espaço com visual, food trucks e música ficará aberto ao público em geral, sem necessidade de inscrição.

A classificação indicativa das sessões é definida de acordo com a classificação de cada filme. O Plaza Shopping Niterói fica na Rua Quinze de Novembro, 8, Centro – Niterói. Mais informações pelo telefone (21) 2621-9400 ou pelo site www.plazaniteroi.com.br.

SERVIÇO

PLAZA OPEN AIR

Data: 21 a 24/09 e 29/09 a 01/10

Horário: sexta-feira, das 18h às 23h, sábado e domingo, das 14h às 23h

Local: Plaza Shopping Niterói – 6º piso do estacionamento

Endereço: Rua Quinze de Novembro, 8, Centro – Niterói

Evento gratuito

Classificação indicativa: definida de acordo com a classificação de cada filme

 

 

SÉRIE CLUBE UFF: Edição LOST

Idealizado por estudantes e pesquisadores do curso de Estudos de Mídia e do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense, o Série Clube tem como finalidade analisar e discutir séries sob um prisma diferente do habitual. O grupo se configura como um espaço de debate que pretende ir além de opiniões superficiais sobre as tramas e propõe um ambiente de análise mais amplo e de fácil acesso, que tem como objetivo compreender todo o circuito das ficções seriadas televisivas, desde sua produção, estratégias de divulgação e construção, até as ações dos fãs diante deste tipo de produto midiático. Formado em 2012, o Série Clube, desde então, já debateu spin-offs, gêneros, instituições, economia política da mídia e plataformas, entre tantos outros temas caros à discussão sobre a produção de ficções seriadas para a televisão, tanto no Brasil quanto no exterior.

O Série Clube da UFF dá, agora, um novo passo: deixa de ficar confinado ao espaço da Universidade e ganha a cidade. Convidado pelo Centro Cultural Paschoal Carlos Magno, o projeto propõe uma nova empreitada: a exibição e o debate sobre séries dentro do Campo de São Bento. Depois de cinco anos de atividades acadêmicas, o clube vai levar sua atuação para a comunidade, em um espaço totalmente aberto ao público, onde serão realizados a exibição e o debate de séries televisivas. Partindo do fato de que as séries são o grande interesse televisivo do público nacional atualmente, nada como abrir um espaço especial para falar um pouco mais sobre elas. Na quarta-feira, dia 20 de setembro de 2017, no espaço externo do Centro Cultural Paschoal Carlos Magno, dentro do Campo de São Bento, a partir das 18h30, será realizado o Série Clube UFF: edição “Lost”. O evento é aberto a toda a comunidade, e totalmente gratuito.

Em sua primeira edição fora do ambiente universitário, o Série Clube escolheu apresentar a aclamada série “Lost” (2004-2010), um produto importante para compreendermos o desenvolvimento da ficção seriada televisiva americana na atualidade. O episódio exibido na ocasião será o piloto, o primeiro da série, um dos mais caros da história da televisão americana e sempre apontado pela crítica como um episódio icônico. Não perca essa chance de assisti-lo em meio ao ar livre proporcionado pelo espaço do Campo de São Bento, em uma experiência coletiva com outros consumidores e amantes de séries. A cidade de Niterói agora conta com uma nova forma de assistir e debater séries televisivas, inspirada na prática do cinema ao ar livre.

Serviço:

Data: 20/09/2017

Horário: 18:30h

Local: Centro Cultural Paschoal Carlos Magno | Campo de São Bento

Endereço: Rua Lopes Trovão, s/n – Icaraí – Niterói – RJ

Realização: Série Clube | Universidade Federal Fluminense e Centro Cultural Paschoal Carlos Magno

Apoio: Prefeitura de Niterói e Cultura Niterói.

Evento aberto ao público.

Selton Mello no Reserva Cultural

Nessa quinta-feira, 3, às 21h o ator e diretor Selton Mello estará presente na pré estreia do filme que está como diretor: ‘O Filme da Minha Vida’. A presença da celebridade será no Reserva Cultural, em Niterói, em São Domingos. O drama foi filmado na Serra Gaúcha pelas lentes de Walter Carvalho, que assume a direção de fotografia do longa.

O filme é dirigido por Selton Mello que também atua junto com Vincent Cassel, Johnny Massaro, Bruna Linzmeyer e Bia Arantes é um drama e tem classificação etária de 14 anos. A distribuidora, Vitrine Filmes, divulgou um pouco sobre a sinopse da história.

O jovem Tony (Johnny Massaro) decide retornar a Remanso, Serra Gaúcha, sua cidade natal. Ao chegar, ele descobre que Nicolas (Vincent Cassel), seu pai, voltou para França alegando sentir falta dos amigos e do país de origem. Tony acaba tornando-se professor, e vê-se em meio aos conflitos e inexperiências juvenis. Baseado no livro ”Um Pai de Cinema” do escritor chileno Antonio Skármeta. Dirigido e estrelado por Selton Mello (”O Palhaço”, que atraiu 1.5 milhão de espectadores).

O Reserva Cultural Niterói fica na Av. Visconde do Rio Branco, 880 em São Domingos. Mais informações pelo telefone (21) 3811-8537.

Cine Jazz homenageia Clark Terry

O Solar do Jambeiro recebe mais uma edição do Cine Jazz, na terça-feira, 25 de julho, às 19h. O tradicional evento musico-cinematográfico que celebra, em Niterói, terá  nesta edição, a exibição de Live in London (1965), protagonizado pelo inigualável trompetista Clark Terry. O músico convidado da noite é o também trompetista Silvério Pontes, que mesmo hoje com uma carreira dedicada ao Choro, não se afasta musicalmente de um dos gêneros que mais popularizou seu instrumento: O Jazz. Acompanhado do pianista Antônio Guerra, Silvério vai passear pelo repertório de Terry e interpretar composições de sua própria autoria.

Sobre o filme Live in London (1965)

O filme é o registro de um espetáculo realizado em Londres, em fevereiro de 1965, pelo Clark Terry Quintet, formado ainda por Bob Brookmeyer (trombone), Laurie Holloway (piano), Rick Laird (baixo) e Allan Ganley (bateria). Com 70 anos de carreira e mais de 80 álbuns lançados, Clark Terry tem seu nome consolidado em diversos álbuns, sendo estes todos gravados quando atuou a frente de bandas como Clark Terry’s, Big Bad Bang e a Clark Terry’s Young Titans of Jazz. Além de músico, ele atuava como compositor, contribuindo para diversos artistas. Nasceu no ano de 1920, na cidade de Saint Louis, Missouri. Era oficial da marinha e passou a se dedicar à música nas décadas de 40 e 50. Após esse período, se reuniu à The Tonight Show Band, tocando com Doc Severisen. Esse período durou por aproximadamente 12 anos. No ano de 1960, Terry conquistou um grande feito: foi o primeiro artista negro a tocar na emissora de TV norte-americana NBC. Conhecido como o artista que mais produziu na história do jazz, Terry carrega em seu currículo musical mais de 900 gravações com o seu nome, além das parcerias de peso com Aretha Franklin, Ray Charles, Billy Strayhor, Oscar Peterson, Dizzy Gillespie, Dinah Washington, dentre outros. No ano de 2010 Terry ganhou um Grammy Honorário. O prêmio, considerado como o Oscar da música, se deu graças a sua parceria com outros ícones da música americana, como Billie Holiday, Ella Fitzgerald e Quincy Jones. No ano seguinte, ele mesmo foi o responsável pela publicação de sua autobiografia, trazendo bastidores interessantes de sua história, intitulada Clark.

Sobre Silvério Pontes

Seguindo os passos do pai, Silvério Pontes se apaixonou pelo trompete logo na infância. Natural de Laje do Muriaé, interior do Estado do Rio, e nascido em 1970, o músico pegou no instrumento pela primeira vez aos oito anos, para integrar a Lira da Esperança, banda de da sua cidade. Aos 17, mudou-se para Niterói, onde se apresentou em diversos bares e eventos. Como compositor e instrumentista, ao longo dos anos, teve a chance de tocar ao lado de grandes nomes, como Luiz Melodia, Tim Maia, Ed Motta, Cidade Negra e Elza Soares. Entretanto, foi junto com José Alberto Rodrigues Matos – o Zé da Velha, um dos mais conceituados trombonistas do choro, que Silvério fez sua carreira. A dupla se conheceu na década de 80, mas firmou parceria apenas nos anos 90, após lançamento do primeiro disco juntos, o “Só Gafieira”, pela gravadora Kuarup, lançado em 1995. Daí em diante, o duo tocou em vários lugares do Brasil e lançou diversos outros trabalhos.

Serviço:

CINE JAZZ
Realização : Secretaria Municipal de Cultura (FAN)
Curadoria : Paulo Renato Rocha
Data: Terça-feira, 25 de julho de 2017
Horário: 19h
Duração: 90min
Capacidade: 60 lugares
Entrada Franca
Classificação indicativa: Livre

Local: Solar do Jambeiro
Endereço: Rua Presidente Domiciano, nº 195, São Domingos
Telefone: (21) 2109-2222

Cine Arte UFF – programação de 6 a 12 de julho

O Rio Festival de Gênero e Sexualidade no Cinema chegou à Niterói, com filmes de Portugal, Argentina, EUA e Brasil. Dentro do festival, haverá uma sessão seguida de debate com o diretor argentino Sebastián Freire, do curta “El Ojo de Dios” (dia 9, domingo, às 19h).

Outros destaques do Festival são os novíssimos “Luana Muniz – Filha da Lua” (sábado, dia 8, 19h) – sobre a travesti Luana Muniz, falecida em maio, que se notabilizou como a Rainha da Lapa, protetora das trans e travestis e, mais recentemente, pela amizade com o Padre Fábio de Melo, com uma foto que viralizou na mídia; e “Torrey Pines” (dia 11, terça, 19h), animação da diretora Clyde Petersen, cujo filme será exibido em parceria com o Cineclube Quase Catálogo – Mulheres Diretoras.

FILMES FORA DA MOSTRA:
21h > DIVINAS DIVAS (De 6 a 12 de julho – quinta a quarta)

Brasil, 2016, 110’, 14 anos

De Leandra Leal

Rogéria, Valéria, Jane Di Castro, Camille K, Fujika de Holliday, Eloína dos Leopardos, Marquesa e Brigitte de Búzios formaram, na década de 1970, o grupo que testemunhou o auge de uma Cinelândia repleta de cinemas e teatros. O documentário acompanha o reencontro das artistas para a montagem de um espetáculo, trazendo para a cena as histórias e memórias de uma geração que revolucionou o comportamento sexual e desafiou a moral de uma época. Melhor Filme pelo Júri Popular no Festival do Rio, no Fest Aruanda do Audiovisual Brasileiro, de João Pessoa, e no South by Southwest (SXSW), nos Estados Unidos, além de Prêmio Félix de Melhor Documentário no Festival do Rio.

Trailer > https://www.youtube.com/watch?v=HxahJR71wJY

Ingressos do filme Divinas Divas > R$ 12 e 6. Segunda: promoção R$ 4

14h > UM INSTANTE DE AMOR (Dias 7 a 12 de julho – sexta a quarta)

Mal de pierres, França/Bel/Can, 2016, 120’, 14 anos

De Nicole Garcia
Com Marion Cotillard, Alex Brendemühl, Louis Garrel

Fim da Segunda Guerra Mundial. Gabrielle é uma jovem romântica, rebelde, impulsiva, e acaba sendo obrigada a se casar com um imigrante espanhol, um homem mais velho que trabalha para sua família. Infeliz e com problemas de saúde (o “mal de pierres” do título original), Gabrielle é internada pelo marido numa estância de águas termais e se apaixona por um jovem militar. Indicado a 8 prêmios César, incluindo filme, direção e atriz.

Trailer > https://www.youtube.com/watch?v=xO1eqiI8GSs

16h20 > Z – A CIDADE PERDIDA (7 a 12 de julho – sexta a quarta)

The lost city of Z, EUA, 2016, 141’, 14 anos

De James Gray

Com Charlie Hunnam, Sienna Miller, Tom Holland, Robert Pattinson

A incrível história real do explorador britânico Percy Fawcett, que viaja para a Amazônia no início do século XX e descobre evidências de uma civilização avançada desconhecida que pode ter habitado a região. Depois de ter sido ridicularizado pelo corpo científico que considera as populações indígenas como “selvagens”, Fawcett está determinado a retornar à sua amada selva e provar seu caso.

Trailer > https://www.youtube.com/watch?v=5obgu50Di6Y

————————————————————–

RIO FESTIVAL DE GÊNERO & SEXUALIDADE NO CINEMA

O Rio Festival de Gênero & Sexualidade no Cinema é o festival de filmes LGBTQIA + (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais/ Travestis/ Trangêneros, Queers, Intersexuais, Assexuados e outros mais) de ficção, documentário, animação e experimental, em longa e curta metragens, brasileiros e internacionais. O festival acontecerá de 6 a 16 de julho de 2017 no Cine Odeon – Centro Cultural Luiz Severiano Ribeiro, Centro Cultural Justiça Federal, Instituto Cervantes do Rio de Janeiro, Cine Arte UFF e Cine Joia.

PROGRAMAÇÃO NO CINE ARTE UFF

06 a 12 – quinta a quarta – 19h

Dia 06, quinta, 19h

A CIDADE DO FUTURO

Brasil, 2016, 75’, 16 anos

De Cláudio Marques e Marília Hughes

Com Mila Suzarte, Gilmar Araújo, Igor Santos

Vencedor do prêmio de  Melhor Filme Latino-americano no Festival de Buenos Aires, o Bafici, “A Cidade do Futuro” conta a história de três jovens, no sertão da Bahia. Igor é vaqueiro. Gilmar e Milla, professores de história e teatro. Eles formarão uma família fora dos padrões. Um filme de baixíssimo orçamento e que vem conquistando precioso espaço pelo mundo.

Trailer > https://www.youtube.com/watch?v=8ecJbVQ7nsY

 Dia 07,sexta, 19h

CRUZEIRO SEIXAS – AS CARTAS DO REI ARTUR

Portugal, 2016, 85’, 16 anos

De Cláudia Rita Oliveira

Cruzeiro Seixas existe num labirinto onde todos os caminhos levam a Mário Cesariny. Subjugado por esta relação obsessiva, Cruzeiro Seixas não viveu, mas deixou documentos desse não viver: 95 anos de pintura e poesia à espera de um reconhecimento maior ao lado de outros autores surrealistas. Prêmio do Público no Doclisboa 2016.

 Dia 08, sábado, 19h

LUANA MUNIZ – FILHA DA LUA

Brasil, 2017, 75’, 18 anos

De Rian Córdova e Leonardo Menezes

O documentário revela a intimidade de Luana Muniz, que se divide entre a prostituição, a militância LGBT e os shows em cabarés.  A Rainha da Lapa é conhecida em todo o Brasil pela participação no programa “Profissão Repórter” e sua aproximação inesperada com o cantor e Padre Fabio de Melo.

 Dia 09, domingo, 19h

CURTAS ARGENTINA (CINECLUBE LAERTE)

Duração: 1h 11min (8 curtas)

Classificação indicativa deste programa: 16 anos

QUE NO MUERA EL SEXO BAJO LOS PUENTES

(Arde Pandora – Colectiva Feminista / Argentina/ 00:01:22 /Experimental / 2016) Estreia

Desde o país salsicha. A partir de uma cama-estádio. Nossos corpos são murais. Pandora arde na pele e recita um poema-manifesto de Pedro Lemebel e Francisco Casas. Dissidentes do ativismo, do reconhecimento e a inclusão lgttttbiq, Arde Pandora propõe uma política para o prazer improdutivo contra o Capital, em um meio-dia, uma sesta, tira as roupas, a maquiagem e torna-se uma desapropriação coletiva-divertida.

 REYNAS: EL ARTE DRAG QUEEN LE BRUJX

(Gonzalo Gorosito/ Argentina/ 00:12:33 /Documentário / 2016) Estreia

Inspirada por artistas do meio dark, Le Brujx é definida como uma punk rocker, é “tudo o que não deve ser”, politicamente incorreta, satanista, viciada em drogas, irreverente, rude, irônica, mas acima de tudo muito rocker, que quer sair do estereótipo de boa menina.

 TRANSFOBIA

(Sergio Bonacci Lapalma/ Argentina/ 00:05:30 /Videoclipe / 2016) Estreia

Dedicado à memória de Lohana Berkins, Diana Sacayán e todos os seres humanos que clandestinamente suportam a injustiça, Transfobia nasceu para dar visibilidade à comunidade trans e os problemas que ela enfrenta. Uma chamada à consciência e denúncia artística de como a sociedade é cúmplice silenciosa, negando o que considera diferente, sem dar a possibilidade de imaginar uma outra vida.

 AUNQUE MIS MANERAS DE DECIR TE AMO

(Gonzalo Biderman/ Argentina/ 00:12:46 /Ficção / 2015) Estreia

Uma coleção de fragmentos dispersos traça o mapa incompleto de uma relação entre dois homens. Estão juntos. Eles estão sozinhos? Os amantes se beijam, discutem, fazem amor, dão risadas. Mas entre eles algo permanece: o invisível, a distância, o medo; finalmente, a impossibilidade da reunião bem-sucedida entre os dois.

TE QUIERO OBSCENO

(Gonzalo Murua Losada/ Argentina/ 00:13:00 /Documentário / 2011) Estreia

Naty vive em San Telmo em um quarto mágico repleto de curiosidades. Ela é conhecida como Naty Menstrual, uma artista que observa, vive e recita a realidade sem omitir detalhes. Na primeira sexta-feira de cada mês, Naty apresenta a sua performance em Mu, e é aí que o diretor cai sob o feitiço da artista. Quem é Naty? é a pergunta que ecoa repetidas vezes em sua mente. Seus shows, seu camarim, uma entrevista e a leitura íntima de um de seus poemas tentam revelar lentamente a pessoa atrás do personagem.

 EL OJO DE DIOS

(Sebastián Freire/ Argentina/ 00:07:49 /Experimental / 2014) Estreia

O fotógrafo Sebastián Freire projeta sobre os rostos de  espectadores de um cinema pornô as mesmas imagens que eles escolheram para olhar. Nos rostos são impressos os mesmos pontos de luz que tocam os olhos desses espectadores, estabelecendo um circuito sem fim, enquanto um sussurro japonês  desenrola o significado de algumas palavras.

 LAS LLAVES

(Lucas Santa Ana/ Argentina/ 00:09:20 /Ficção / 2011) Estreia

Matias se separou há alguns meses de Pedro. Depois de tentar várias vezes levar o belo Lucho para casa, ele consegue. Lucho está muito interessado em Matias e quer que a relação se torna séria. Mas o passado de Matias e Pedro pode atrapalhar os seus planos.

 MATIAS Y GERONIMO

(Papu Curotto/ Argentina/ 00:08:51 /Ficção / 2014) Estreia

Matias e Geronimo se conhecem desde criança. A amizade, que sempre foi uma forte aliança que misturava jogo e desejo, muda numa noite de carnaval. Juntos, testemunham como alguns jovens batem num rapaz que é gay, atrás das arquibancadas. Eles não conversam sobre o que viram e o silêncio alimenta a distância entre os dois.

Dia 10, segunda, 19h

LAMPIÃO DA ESQUINA

Brasil, 2016, 85’, 16 anos

De Lívia Perez

Brasil, 1978. Em plena ditadura, um grupo de jornalistas e escritores do Rio e de São Paulo cria o jornal “Lampião”, retratando o ponto de vista dos homossexuais sobre diversas questões, inclusive a sexualidade. O filme tem depoimentos de Ney Matogrosso, Aguinaldo Silva, João Silvério Trevisan, Edy Star e Leci Brandão, entre outros.

Trailer > https://www.youtube.com/watch?v=lSr-MplZwzc&t=15s

 Dia 11, terça, 19h

TORREY PINES (CINECLUBE QUASE CATÁLOGO – MULHERES DIRETORAS)

EUA, 2017, 60’, 16 anos

De Clyde Petersen

Criado por uma mãe solteira esquizofrênica, a história da vida de Petersen se desenrola em uma série de eventos desconcertantes e alucinados. Com uma mãe alimentada por alucinações de conspiração política e disfunção familiar, Petersen, de doze anos de idade, é levada a uma aventura de cross-country que alterará para sempre a família como eles a conhecem. Com base em uma história verdadeira, o filme de animação é um conto estranho e punk, que ocorre no sul da Califórnia no início de 1990.

Trailer sem legendas > https://www.youtube.com/watch?v=z2E1N7pzEpA

 Dia 12, quarta, 19h

SOMETHING LIKE SUMMER

EUA, 2017, 115’, 16 anos

De David Berry

Com Grant Davis, Davi Santos, Ben Baur

Neste romance musical passado no Texas, Ben é o único na sua escola que está fora do armário. O bullying o impede de perseguir seu sonho de ser cantor. Então ele conhece Tim, um atleta com seus próprios segredos. Esta é uma história de amor contada ao longo de alguns anos, da estranha adolescência até a dolorosa idade adulta. Melhor Trilha Sonora e Prêmios do Público no FilmOut San Diego: Melhor Primeiro Filme e Ator Coadjuvante.

Trailer com legendas em inglês > https://www.youtube.com/watch?v=g0N8GE4sggw

Ingressos

Inteira – R$ 14,00 | Meia – R$ 7,00 (exceto segundas-feiras)

Segunda-feira – Promoção “Meia-entrada para todos” – R$ 4,00

Rua Miguel de Frias 9   Icaraí  Niterói  RJ  (21) 3674-7511 | 3674-7512      www.centrodeartes.uff.br

Solar do Jambeiro é o novo palco do Cine Jazz

Solar do Jambeiro é o novo palco do Cine JazzO Cine Jazz está de casa nova. Na edição da próxima segunda-feira, 22 de maio, o projeto estreia no Solar do Jambeiro, às 19h. O homenageado é o pianista norte-americano Bill Evans, considerado o pai dos pianistas do jazz moderno. ENTRADA FRANCA.

Sobre Bill Evans

Com Influência de vários grandes músicos como Herbie Hancock, Chick  Corea e Keith Jarret, Bill Evans fez parte do famoso quinteto de Miles Davis do final dos anos 50 junto com John Coltrane, Cannonball Adderley, Paul Chambers e Jimmy Cobb, considerado pela crítica especializada “o melhor e mais importante grupo da história do jazz”. Além de vasta discografia com seu trio, gravou também com gigantes como Stan Getz e Jim Hall, gravações nas quais deixou sua marca registrada: a forma revolucionária, sofisticada e delicada de harmonizar os standards do jazz. O filme a ser exibido é o registro de uma apresentação do pianista com seu trio em Oslo na Noruega em 1966.

O músico convidado da edição de maio, é o pianista Wagner Tiso, maestro e um dos fundadores do grupo Som Imaginário, que gravou e se apresentou com Milton Nascimento durante toda a carreira do artista. Além do grupo, Wagner é arranjador e trabalha com artistas consagrados da MPB da década de 70 até os dias de hoje. Na apresentação Wagner estará acompanhado pela guitarra virtuosa de Victor Biglione. O duo está lançando um disco ao vivo, “Live in Finland” e tocará o repertório deste álbum. O Cine Jazz é uma realização da Secretaria Municipal de Cultura de Niterói , com curadoria do produtor Paulo Renato Rocha. ENTRADA FRANCA
Censura 14 Anos

Serviço:
Cine Jazz homenageia pianista norte-americano Bill Evans
Data: 22 de maio – Segunda-feira
Horário: 19h
Local: Solar do Jambeiro
Endereço: Rua Presidente Domiciano, 195, Boa Viagem, Niterói-RJ 
Telefones:  (21) 2109-2222 | (21) 2109-2223
Classificação: 14 anos
Entrada Franca

 

 

 

 

 

Noite exclusiva no Reserva Cultural Niterói

 Noite exclusiva no Reserva Cultural Niterói

Na próxima segunda (24.04) a partir das 20h, será exibido em sessão especial o documentário “NA BATUCADA DA VIDA”, que retrata a vida de um dos mais efervescentes protagonistas da música brasileira, Chico Batera. Evento gratuito com número limitadíssimo de ingressos, disponíveis na bilheteria a partir das 15h desta segunda-feira. A exibição será seguida de um pocket show com o baterista Chico Batera e convidados especiais no hall principal do complexo Reserva Cultural.

Sobre o músico:
Com mais de meio século de carreira, iniciada aos 17 anos, o baterista e percussionista Chico Batera foi um dos protagonistas do período de maior efervescência da música brasileira. Reverenciado por seu talento e dono de um estilo próprio forjado desde muito cedo, participou da explosão da Bossa Nova no Brasil e no exterior, passando com igual desenvoltura pelo samba, jazz, rock e mpb. Ao longo desses anos, dividiu o palco e o estúdio com alguns dos mais importantes artistas brasileiros, incluindo Sérgio Mendes, Tom Jobim, João Gilberto, Chico Buarque, Edu Lobo, Elis Regina, Djavan e Johnny Alf, assim como expoentes da música internacional, entre eles Frank Sinatra, Ella Fitzgerald, Michel Legrand, Cat Stevens, Pablo Milanés e The Doors. Para traçar um panorama dessa bem-sucedida trajetória, que lhe rendeu fama internacional, o documentário Na batucada da vida com Chico Batera, com direção e roteiro do produtor e músico Mauro Costa Junior e patrocínio da Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro, será lançado no próximo dia 30, na Casa de Cultura Laura Alvim.

“Desde que conheci Chico Batera, percebi o quanto de histórias de vida ele tinha para contar e o quão rica tem sido sua trajetória musical no Brasil e no exterior. Formalizei o convite ao gravar o show em comemoração aos seus 50 anos de carreira, há quatro anos, no Teatro Rival, quando propus ao Chico fazer este documentário”, explica Mauro.

Sobre o filme:
Gravado em Full HD, o filme de trinta minutos traz depoimentos de Chico Batera e de parceiros musicais como Sérgio Mendes, Chico Buarque, Wilson das Neves e Robertinho do Recife, além de resgatar imagens de arquivo como a do show em que tocou ao lado de Edu Lobo, Silvinha Teles e Rosinha de Valença, em 1966, na Alemanha, ou ainda a turnê com Sérgio Mendes, nos EUA, onde passou uma longa temporada com passagem pela Berklee School of Music. O baterista e percussionista carioca relembra o início da carreira, em 1960, quando, aos 17 anos, já integrava a orquestra de Carlos Machado, “O Rei da Noite”, na então badalada boate Night and Day, na Cinelândia: “Tive muita sorte de poder desde muito garoto ver em ação bateristas como Milton Banana, Dom Um Romão e Edson Machado. Foram três grandes escolas que me deram a base da bossa nova, samba e samba-jazz. Com apenas dois anos de instrumento, já tocava na boate mais chique do Rio e dava canja no Beco das Garrafas”, relembra.

Músico oficial da banda de Chico Buarque desde 1974, Batera também conta casos engraçados ao lado do compositor e de Ruy Faria, em papo descontraído depois de um jogo do Polytheama: “Comecei oficialmente com Chico (Buarque) no show Tempo e Contratempo, em 1974, no Teatro Casa Grande. Porque antes só participava de show em lugar de guerra: Nicarágua… Chama o Batera. Angola! Chama o Batera. Cuba! Pode ser preso na volta… Chama o Batera. Primeiro de maio, tem bomba, chama o Batera! Aí quando tinha show em Paris, levavam outro”, conta, arrancando gargalhadas dos dois.

O filme registra também uma experiência mais recente do artista, que, em 2002, criou a Oficina Brasileira de Percussão para ensinar música e percussão a crianças e adolescentes da Favela da Maré. “Foi um aprendizado para mim, de estar servindo, dedicando a minha arte a uma função social, fundamental àquelas crianças. Me deu grandes alegrias, formei grupos, tocamos no Teatro da UFF, em Niterói”, relembra.

O percussionista Felipe Tauil, de 32 anos, da Orquestra Suburbana, criada por Chico Batera, resume a importância do colega: “Estava batendo um papo com ele e Chico começou a contar uma história que foi para Marrocos, França, rodou o mundo. Aí você tá achando que ele tá falando de ontem e ele tá falando lá de 1970, que no avião estavam Martinho da Vila, Tom Jobim, Chico Buarque, Vinícius de Moraes… É quando você se dá conta de que ele está falando da história da música”.

Serviço:
Cinema Reserva Cultural Niterói
Centro Petrobras de Cinema
Av. Visconde do Rio Branco, 880 – Sao Domingos.
Tel.: (21) 3604 1545.

Horário de Funcionamento:
Sessões de Segunda a domingo: 13h às 24h
Bilheteria: 12h30 às 22h (sáb. até 24h)
Bombonière: segunda a domingo: das 12h30 às 22h/ Sábado até 24h.

Preços Ingressos: Evento gratuito com número limitadíssimo de ingressos. Disponíveis para retirada na segunda (24) a partir das 15h.
Estacionamento

Segunda a quinta: R$ 12,00 o dia todo

Horários de funcionamento: das 10h ás 24h todos os dias. Sábado até 3h.

[ngg_images source=”galleries” container_ids=”98″ display_type=”photocrati-nextgen_basic_thumbnails” override_thumbnail_settings=”0″ thumbnail_width=”120″ thumbnail_height=”90″ thumbnail_crop=”1″ images_per_page=”37″ number_of_columns=”3″ ajax_pagination=”0″ show_all_in_lightbox=”0″ use_imagebrowser_effect=”0″ show_slideshow_link=”1″ slideshow_link_text=”[Show slideshow]” order_by=”sortorder” order_direction=”ASC” returns=”included” maximum_entity_count=”500″]

Cine Jazz retorna homenageando Tom Jobim

Cine Jazz retorna com homenagem a Tom Jobim e recebe Jaques Morelenbaum
Cine Jazz retorna com homenagem a Tom Jobim e recebe Jaques Morelenbaum

O já tradicional projeto Cine Jazz, que acontece toda última quinta do mês nos jardins do Museu do Ingá, retorna no dia 30/3 com uma homenagem ao maestro Tom Jobim. Compositor, arranjador, pianista, violonista e cantor, o maestro é um dos criadores da Bossa nova e considerado pela crítica e pelo público como o maior expoente da história da música popular brasileira e está entre os grandes nomes da História da Música no mundo.

Nascido na Tijuca em 1927 , Tom começou a carreira nos anos 50 trabalhando nas gravadoras Continental e Odeon e se apresentando nas boates de Copacabana e Ipanema como musico da noite. O prestígio nacional se transformou em sucesso internacional no início dos anos 60 com a explosão mundial da bossa nova e sua carreira foi numa ascendente ininterrupta, até a morte repentina de parada cardíaca em Nova York em dezembro de 1994.

Grandes nomes da música internacional tocaram e cantaram suas músicas, como Stan Getz, Dizzy Gillespie, Ella Fitzgerald, Count Basie, Oscar Peterson, Sarah Vaughan, e Frank Sinatra, simbolizando a consagração internacional de sua produção musical. Essa admiração fez com que Tom Jobim fosse chamado pelos músicos do jazz de George Gershwin do Brasil, uma grande honraria. Com a obra de Antônio Carlos Jobim, a música brasileira experimenta uma projeção internacional inédita, rigorosamente sem precedentes e definitiva. Até o movimento da Bossa Nova, a presença brasileira, ainda que marcada pela excelência, como nas obras de Ary Barroso e Dorival Caymmi, era eventual. Com Jobim, ela se torna permanente, estrutural e influencia toda uma geração posterior. Um filme com a apresentação de Tom Jobim e sua banda, gravado em 1986 em Montreau no Canadá será exibido na abertura da noite.

O músico convidado da edição de março, é o maestro e violoncelista Jaques Morelenbaum. Músico consagrado e de grande prestígio internacional Jaques atuou durante muitos anos na Banda Nova, grupo que gravou e rodou o mundo com Tom Jobim da década de 80 até o fim da carreira do maestro. Jaques será acompanhado pelo piano de sua filha Dora Morelenbaum.

O Cine Jazz tem curadoria do produtor Paulo Renato Rocha e é uma realização da Secretaria Municipal de Cultura (FAN) em parceria com o Museu do Ingá, com apoio da FUNARJ.

Serviço:
Cine Jazz retorna homenageando Tom Jobim
Data: 30 de Março – Quinta-feira
Horário: 19h
Local: Museu do Ingá
Endereço: Rua Presidente Pedreira, 78. Ingá-Niterói
Classificação: 14 anos
Entrada Franca