FAMATH

Kleiton & Kledir retornam ao Teatro da UFF

Os irmãos Kleiton & Kledir, retornam ao Teatro da UFF, 18 de julho, quarta-feira, às 16h, para participarem do Show das 4. Após o grande sucesso de público no mês de abril deste ano, a dupla retorna para apresentação única.

Com um inovador estilo musical e um simpático sotaque gaúcho, Kleiton & Kledir marcaram definitivamente a cultura brasileira dos últimos anos e são uma referência para quem quer compreender a música popular produzida no Brasil, nos dias de hoje. Suas composições foram gravadas por grandes nomes da música brasileira e internacional.

Os dois irmãos nasceram em Pelotas, Rio Grande do Sul, e começaram a estudar música muito cedo. Nos anos 1970, foram para Porto Alegre, onde cursaram Composição e Regência e, também, Engenharia. Kleiton concluiu seus estudos, fez pós-graduação na França e concluiu seu mestrado em Música Eletroacústica no Rio de Janeiro. Na época da faculdade, lançaram, com mais três amigos, a banda Almôndegas, que gravou 04 discos e foi um marco na história da música do Rio Grande do Sul.

Em 1980 sai o primeiro disco da dupla K&K. O sucesso foi imediato e os shows arrastavam um público enorme por todo Brasil. Lançaram mais de 20 discos em português e um em espanhol, o que lhes rendeu disco de ouro e shows por EUA, Europa e América Latina. Gravaram em Los Angeles, Nova York, Lisboa, Paris, Miami e Buenos Aires. Suas composições foram gravadas por Simone, Adriana Calcanhotto, Nara Leão, MPB4, Caetano Veloso, Xuxa, Claudia Leitte, Fafá de Belém, Fábio Jr, Nenhum de Nós, Zizi Possi, Ivan Lins, Chitãozinho e Xororó, Zezé de Camargo e Luciano, Emilio Santiago e muitos outros. Também no exterior suas músicas ganharam versões de grandes artistas, como as dos argentinos Mercedes Sosa e Fito Paez; da cantora portuguesa Eugenia Mello e Castro e da japonesa Chie. 

Kleiton & Kledir trouxeram definitivamente para a cultura brasileira a nova música popular gaúcha. Eternizaram um sotaque diferente, uma maneira própria de falar e cantar, com termos até então desconhecidos como ‘deu pra ti’ e ‘tri legal’. Acabaram se transformando em símbolos do gaúcho contemporâneo, do homem moderno do sul do Brasil, o que fez com que o Governo do Estado lhes conferisse o título de Embaixadores Culturais do Rio Grande do Sul.

Ao longo da carreira, receberam inúmeros prêmios e foram homenageados várias vezes, com destaque para o troféu de Melhor Álbum no Prêmio da Música Brasileira e para a homenagem da Escola de Samba Caprichosos de Pilares, que fez seu desfile no carnaval de 2002, no Rio de Janeiro, inspirado na música Deu pra ti.

Depois de vários anos fazendo sucesso entre os adultos, a dupla Kleiton & Kledir resolveu compor para crianças e lança o CD Par ou Ímpar. Entusiasmados com o reconhecimento unânime de público e crítica, montam, com o grupo THOLL, um deslumbrante espetáculo musical, teatral e circense. Com a participação especial da atriz Fabiana Karla, esse espetáculo de extrema alegria, exuberância e bom gosto foi gravado ao vivo, lançado em DVD, virou especial de televisão e recebeu o troféu de Melhor Disco Infantil do Ano.

Com todas as letras, o novo disco de K&K, é um projeto original e faz uma aproximação da literatura com a música popular. Lixo e Purpurina, parceria inédita entre os irmãos e o escritor Caio Fernando Abreu foi o ponto de partida e serviu de inspiração para todas as novas parcerias que surgiram com grandes nomes da nossa literatura. Assim, autores consagrados viveram pela primeira vez a experiência de escrever uma letra de canção, como Luis Fernando Veríssimo, Martha Medeiros, Fabrício Carpinejar, Leticia Wierzchowski, Daniel Galera, Paulo Scott, Claudia Tajes, Alcy Cheuiche e Lourenço Cazarré. O projeto, que conta com a curadoria deLuís Augusto Fischer – escritor, ensaísta e professor do Instituto de Letras da UFRGS – gerou CD, LP, DVD, documentário, livro de arte, hot site e uma turnê de shows, que incluiu palestras em universidades com os irmãos Kleiton & Kledir falando sobre o processo de criação. O álbum traz a participação especial de Adriana Calcanhotto e um belo solo de sax de Luis Fernando Veríssimo.

Serviço:

Kleiton & Kledir

18 de julho de 2018, quarta, às 16h

Teatro da UFF – Rua Miguel de Frias 9, Icaraí, Niterói – RJ

344 lugares

Ingressos: R$60,00 (inteira) e R$30,00 (meia-entrada para estudantes, pessoas acima de 60 anos e servidores da UFF)

Duração – 80 min

Classificação indicativa: LIVRE

 

Publicado em: 15 de julho de 2018, por: 

Comentários