Marvio Ciribelli lança CD Vogue em Icaraí

Depois de lotar o Teatro da UFF e o Beco das Garrafas, o pianista Marvio Ciribelli apresenta o show de lançamento do CD VOGUE SAMBA-JAZZ, no Centro Cultural São Judas Tadeu, em Icaraí, no dia 31 de maio, quarta-feira, às 20h.

 O show contará com participações especiais de Francisco Falcon e Robson Albuquerque (baixo), Luís Lima (percussão), dos cantores Aiton Sacramento e Sheila Sá, além da jornalista e apresentadora Mylena Ciribelli.

 Marvio conta que o disco estabelece uma relação entre o Pub Vogue, que funcionou em Copacabana, entre as décadas de 1950 e 1960, com o Samba-Jazz. “Provavelmente, se não tivesse pegado fogo, o Vogue teria sido o palco da geração de músicos que criou o Samba-Jazz, o que aconteceu por volta de 1961. Durante vários anos, todas as novidades aconteciam na casa”, ressalta Ciribelli. No repertório, Marvio traz composições próprias, além de temas de compositores que se prestam as ideias de re-harmonização do pianista, coerentes com as obras originais.

O trabalho traz gravações com novos arranjos para Brejeiro, Turuna e Apanhei-te Cavaquinho, obras de Ernesto Nazareth. Há também uma releitura de Pintinhos no terreiro, de Zequinha de Abreu; além de músicas autorais como Brienz, Flor do Campo, Guarda-chuvas Coloridos eVogue, que dá nome ao álbum.

Outro destaque do CD é Romance, composição também assinada por Marvio, em parceria com Armando Schiavo, que ganhou uma versão especial em espanhol na voz da cantora Raquel Cepeda.

 Ciribelli lembra também, que apesar do disco se chamar Vogue Samba-Jazz, envolve gêneros brasileiros como Bossa Nova, Frevo, Samba e até o Choro, todos tocados com a liberdade que o jazzista “usa e abusa” em seus arranjos, sem nunca perder o sotaque brasileiro. “Dessa Forma, até o Choro, gravado com base de piano, contrabaixo e bateria, poderia se chamar Choro-Jazz”, diz.

Sobre Marvio Ciribelli   

 Marvio Ciribelli tem um jeito particular de tocar, com muita técnica e criatividade, em cada nota apresentada. Seus arranjos têm influência direta da fase de ebulição da Bossa Nova e do Samba Jazz, de mestres como Luiz Eça (Tamba Trio) e Antônio Adolfo. Com 18 discos gravados, em quase 30 anos de carreira, Marvio já comandou importantes projetos musicais pelo país e tem trabalhos importantes no campo do Jazz e da Bossa Nova, no Brasil e no exterior, onde se apresentou em quatro edições do Montreux Jazz Festival (Suíça); no Blue Planet in Concert (Alemanha); no Java Jazz Festival 2014 (Indonésia); no Brissago Jazz Festival (Suíça); e nos EUA, onde acaba de fazer mais uma turnê de sucesso.

 O pianista já acompanhou artistas como Bibi Ferreira, Altay Veloso, Arthur Maia, Nilze Carvalho e Vanessa Rangel e vai lançar, também em 2017, um disco gravado junto com o grupo holandês de Rock Progressivo, Focus.

 Serviço:
Marvio Ciribelli lança Vogue Samba-Jazz no Centro Cultural São Judas Tadeu

Data: 31 de maio de 2017, quarta-feira
Horário: 20h
Local: Centro Cultural São Judas Tadeu
Endereço: Rua Comendador Queiroz, 33, Icaraí, Niterói-RJ

Informações e reservas: (21) 2610-1232

Classificação etária: 12 anos

Ingresso: R$ 40

 

Publicado em: 25 de maio de 2017, por: 

Comentários