Neste sábado, dia 9 de novembro, às 20h, a Sala Nelson Pereira dos Santos recebe a cantora e compositora Ana Cañas, com seu espetáculo “Voz e Violões”. Acompanhada de Mônica Agena ao violão, a cantora apresenta um repertório que conta com canções gravadas no álbum “Todxs” (2018) – o mais recente da artista –, além de sucessos já consagrados em seus álbuns anteriores e canções nunca gravadas pela cantora. De forma intimista e emocionante, Ana relembra os momentos em que as músicas entraram em sua vida e divide boas histórias com o público.

Sobre o CD “Todxs”

“Todxs” (pronunciado como Todes) é o quinto álbum de estúdio de Ana Cañas. Lançado pelo selo Guela Records em 2018, o álbum é produzido por Ana em parceria com o guitarrista Thiago Barromeo. O repertório é majoritariamente autoral, mas possui regravações como ‘Eu Amo Você’, de Cassiano e Silvio Roachel, e ‘Tua Boca’, de Itamar Assumpção. Com um tom marcadamente sensual, o trabalho tem uma sonoridade que flerta com o rap e com o beat.

Sobre Ana Cañas

Paulistana, estreou em 2007 no cenário musical brasileiro com o lançamento do álbum ‘Amor e Caos’, que traz suas primeiras composições autorais e uma versão para a canção ‘Coração Vagabundo’, de Caetano Veloso, que integrou a trilha sonora da novela Beleza Pura, da Rede Globo. O álbum de estreia foi muito elogiado pela crítica especializada, considerando Ana a grande revelação musical do ano.

Em 2009, lançou ‘Hein?’, que contém parcerias com Arnaldo Antunes e a participação de Gilberto Gil ao violão. Ainda em 2009, Ana gravou, a convite do cantor e compositor Nando Reis, a música ‘Pra Você Guardei O Amor’ – dueto que se tornou um grande hit nacional. Em 2012, retornou ao estúdio para gravar ‘Volta’, com versões para ‘Rock And Roll’ de Led Zeppelin e das músicas autorais ‘Será Que Você me Ama?’ e ‘Urubu Rei’, entre outras. Em 2015, Ana Cañas lançou seu quarto álbum e o primeiro totalmente autoral, ‘Tô na Vida’, um disco mais roqueiro e gravado ao vivo.

Em 2016 a cantora faz a sua estreia nacional nos cinemas, ao participar do longa-metragem ‘Amores Urbanos’ da diretora Vera Egito. No filme, Ana interpreta a homossexual Duda, que têm problemas de assumir publicamente o relacionamento com a namorada. O filme foi exibido em diversos festivais internacionais e ganhou elogios da imprensa especializada. Em 2018 foi a vez do álbum ‘Todxs’, que faz parte do repertório do espetáculo “Voz e Violões”.

Sobre a Sala Nelson Pereira dos Santos:

O cineasta Nelson Pereira dos Santos – um dos maiores nomes da sétima arte do país e fundador do curso de graduação em cinema da UFF – dá nome a Sala Multiuso que foi inaugurada pela Prefeitura de Niterói, no último dia 30 de setembro, no Centro Petrobras de Cinema, localizado no bairro de São Domingos. Instalado na estrutura que se assemelha a um rolo de filme, projeto do gênio da arquitetura Oscar Niemeyer, o equipamento é o maior auditório público da cidade – com 491 lugares –, munido com o que há de mais moderno em tecnologia de som, luz e projeção audiovisual – um espaço para apresentações de música, teatro, dança e cinema, além de funcionar como centro de convenções.

FICHA TÉCNICA

Ana Cañas – voz e violão

Mônica Agena – violões

SERVIÇO

Ana Cañas em Voz e Violões

Data: dia 9 de novembro, sábado

Horário: 20h

Duração: 1h20

Ingressos: R$ 40,00 (inteira) | R$ 20 (meia)

Classificação indicativa: Livre

Menores de idade acompanhados dos responsáveis

Capacidade: 491 lugares

Local: Sala Nelson Pereira dos Santos – Centro Petrobras de Cinema

Endereço: Avenida Visconde do Rio Branco, 880 – São Domingos – Niterói

NitNegócios