O Theatro Municipal de Niterói presta uma homenagem às crianças, apresentando, no dia 12 de outubro, às 16 horas, a peça “As Bodas de Rapunzel”. O público poderá acompanhar a apresentação através do facebook do Theatro Municipal.

Rapunzel (Rachel Palmeirim) e o Príncipe Encantado (Ricardo Lyra Jr.) estão comemorando suas Bodas Encantadas de 200 anos de Casamento. Para a surpresa do casal surge Sra Gothel (Eliana Lugatti), a mulher que criou Rapunzel desde que nasceu. Ela retorna para buscar sua filha, pois em sua história não existiam mais personagens. Ao ser acusada de muitas maldades, Sra Gothel resolve explicar o motivo de todas as suas ações. As personagens então voltam no tempo e a clássica história é recontada com música ao vivo, intervenções sonoras e solos instrumentais (Renato Badeco). Com direção de Rachel Palmeirim, figurinos e adereços de Eliana Lugatti, “As Bodas de Rapunzel” conta com a produção de Rachel Palmeirim e Cida Palmeirim, também diretora da ARTECORPO Teatro e Cia.

Sobre o espetáculo:

Os Contos de Fadas podem influenciar o desenvolvimento infantil de forma positiva. Eles fazem com que a criança se enxergue por dentro, e assim, passe a solucionar seus conflitos. Em Rapunzel, o conflito mais evidente é o da relação entre mãe e filha. O Conto lida com a evolução dessa relação, da infância à maturidade, relatando a trajetória da menina, dificultada pela mãe super protetora. Durante a infância, o filho é totalmente dependente da mãe, mas a medida que vai crescendo e tomando conhecimento do mundo, vai mudando sua percepção sobre as coisas e, consequentemente, afastando-se tenuemente do apoio materno. Este conflito que muitos vivem ou irão viver, é uma separação natural da vida. Buscamos aproximar o público de uma nova forma de vivenciar esta história, fazendo-o refletir sobre suas questões.

Com um cenário e figurinos formulados através de cordas, o espetáculo possui como metáfora principal esse diálogo sobre a prisão e a liberdade fomentadas pelo amor. Por amor, Rapunzel passa parte de sua vida em uma torre, mas por amor ela se liberta e escolhe reescrever a sua história ao lado de quem lhe deu essa liberdade.

Fazer os adultos refletirem sobre o seu papel ao serem responsáveis por uma criança e buscar a percepção dos pequenos nessa relação é um pouco do que o espetáculo pretende enquanto obra recriada.

Na cena, também é utilizada a passagem de tempo para quebrar um paradigma dos contos de fadas, onde encontram-se as princesas e príncipes sempre com o frescor da juventude. Para tal, o casal de idosos que comemoram suas bodas são personagens do imaginário infantil.

Essa quebra de paradigma ocorre também no meio do espetáculo, quando o príncipe acredita que para ser da realeza, é necessário possuir uma aparência modelo. Porém, após descobrir a simplicidade e pureza do amor, se revela para Rapunzel como ele é.

Sinopse:

Rapunzel e o Príncipe estão comemorando suas Bodas Encantadas de 200 anos de casamento quando Sra. Gothel aparece. Um impasse entre eles faz com que todos voltem no tempo e vivenciem a clássica história.

Ficha Técnica:

Direção: Rachel Palmeirim

Texto: Rachel Palmeirim e Eliana Lugatti (Adaptação da Obra dos Irmãos Grimm)

Elenco: Eliana Lugatti, Rachel Palmeirim, Ricardo Lyra Jr. E Renato Badeco

Stand-in: Alexandre Vollu

Direção musical: Renato Badeco

Cenário: O grupo

Figurinos e Adereços: Eliana Lugatti

Iluminação: Ricardo Lyra Jr.

Operação de Luz: Tadeu Freire

Produção: Rachel Palmeirim e Cida Palmeirim

Assistência de Produção: Junior Garcia

Realização: ARTECORPO Teatro e Cia.

SERVIÇO:

As Bodas de Rapunzel – Teatro Infantil

Data: 12 de outubro

Horário: 16h

Transmissão: facebook do Theatro Municipal de Niterói

facebook.com/ theatromunicipaldeniteroi

Classificação indicativa: livre

NitNegócios