O cantor Dalto apresenta o show “A canção do nosso amor”, na reabertura do Theatro Municipal de Niterói, no dia 10 de novembro às 19 horas. O Theatro terá a sua capacidade reduzida e os ingressos gratuitos poderão ser retirados somente online através do site de vendas da Sympla (https://bileto.sympla.com.br/event/66905). Será permitida a retirada de 01 (um) ingresso por CPF através de cadastro no site contendo nome, CPF e email da pessoa e serão seguidos todos os protocolos de segurança.

O show é uma homenagem ao cantor e a Silveirinha para comemorar o aniversário do disco “Dalto canta Dalto e Silveira” que foi gravado em 1996.

Na segunda parte do show, Dalto desfilará todos os hits da carreira como “Muito Estranho”, “Anjo“, “Espelhos D’água“, “Bem te vi“, dentre outros.

O músico ainda homenageará ídolos que o inspiraram, como Ray Charles.

Será uma apresentação acústica com as participações especiais de Marcelo Martins (flauta) e Cássio Tucunduva (violão). Na banda: Luiz Farah (piano), Marcos Gusmão (violão), Arthur Salomão (percussão) e Juliano Candido (baixo).

PROTOCOLO DE SEGURANÇA

Os protocolos sanitários definidos pela Secretaria Municipal de Saúde incluem a higienização das mãos com álcool em gel, aferição de temperatura, obrigatoriedade do uso de máscaras e tapetes sanitizantes. A entrada e a saída do público serão feitas por ambos os acessos do espaço, com a fila demarcada, respeitando as medidas de distanciamento social, a fim de evitar aglomerações. As entradas serão abertas 15 minutos antes do início do espetáculo e fechadas 15 minutos após o término. Todas as dependências têm a sinalização do número limite de ocupação, assim como dispensadores e borrifadores com álcool 70 e tapetes de higienização. O acesso ao espaço apenas acontecerá mediante o cumprimento das normas de segurança indicadas nos cartazes e banners. No foyer, a presença está limitada a 04 pessoas.

Os assentos das cadeiras ficarão isolados para que haja o distanciamento de 2 metros entre cada espectador, entre outras medidas. O palco, a plateia e demais dependências passarão por higienização após as apresentações.

Os camarins serão sanitizados, ao final do espetáculo, com uma área específica para vestiário, para que os colaboradores possam fazer a troca de roupas na chegada e na saída do ambiente. Camarins coletivos devem respeitar o distanciamento interpessoal, com uma área para guardar objetos de cena e figurinos.

Vale ressaltar que os artistas devem utilizar máscaras durante ensaios e intervalos, sendo permitida a retirada somente no momento de entrada no palco. A interação entre palco e plateia deve ser realizada à distância. O teatro funcionará com 30% da capacidade.
 

NitNegócios