"Caminhando e contando" resgata as memórias de quem viveu a ditadura militar

“Caminhando e contando” resgata as memórias de quem viveu a ditadura militar

A Livraria Icaraí abre as portas para o lançamento de mais um livro, no dia 26 de agosto, às 18h. Desta vez a estrela da noite é “Caminhando e Contando: memória da ditadura brasileira”, publicado pela Editora da Universidade Federal da Bahia (Edufba). Dentre os autores presentes, estão os professores da UFF, Marcia Paraquett, Lívia Reis e Eurídice Figueiredo. 

O título da obra remete à canção de Geraldo Vandré “Pra não dizer que não falei das flores”, marcante para os jovens que viveram os 21 anos de censura e repressão.

O livro é composto por dez artigos de autores que eram estudantes durante a ditadura militar. São relatos de pessoas civis que conviveram com a brutalidade durante esse período, em um momento em que tinham o direito de estar livres no espaço escolar e universitário.
As narrativas em primeira pessoa retratam cada experiência de maneira particular e comprovam que as consequências, mesmo para aqueles que não ocuparam as manchetes dos jornais e não integram as estatísticas de violência contra os direitos civis, foram extremamente danosas.

Também estão confirmados para o lançamento os autores: Eliana Bueno Ribeiro professora da UFRJ e do Institut des Amériques, da Universidade de Rennes 2 na França, Luiz Fernando Pereira professor do Colégio Pedro II e Sávio Siqueira professor da UFBA.

Serviço:
Lançamento do livro “Caminhando e Contando: memória da ditadura brasileira” (EDUFBA, 2015)
Dia 26 de agosto de 2015, às 18h
Local: Livraria Icaraí (Rua Miguel de Frias, 9, Icaraí, Niterói)

NitNegócios