Marvio Ciribelli lança CD no Teatro da UffO pianista Marvio Ciribelli faz o lançamento do CD Vogue Samba-Jazz, no dia 2 de maio, terça-feira, às 20h, no palco do Teatro da UFF, em Niterói-RJ. Ingressos a R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia).

Marvio estará tocando com o baixista Francisco Falcon, o saxofonista Marcelo Martins e com o percussionista Japão. E o show também contará com participações especiais como do baixista Arthur Maia, a cantora Sheila Sá, o bandolinista Sérgio Chiavazzoli, o saxofonista Tino Júnior, e ainda, a apresentadora Mylena Ciribelli, irmã de Marvio, que vai mostrar seu talento também como vocalista.

O novo álbum de Ciribelli estabelece uma relação da casa noturna que funcionou no bairro de Copacabana, no Rio de Janeiro, entre as décadas de 1950 e 1960, a boate Vogue que, se não tivesse pegado fogo, provavelmente seria palco da geração de músicos que criou o Samba-Jazz por volta de 1961. No trabalho, Marvio mostra gravações com novos arranjos para Brejeiro, Turuna e Apanhei-te Cavaquinho, grandes obras de Ernesto Nazareth. Há também um arranjo de Pintinhos no terreiro, de Zequinha de Abreu; além de músicas autorais como Brienz, Flor do Campo, Guarda-Chuvas Coloridos e Vogue, que dá nome ao trabalho.

Outro destaque do CD é a Bossa Nova “Romance”, composição também assinada por Marvio, em parceria com Armando Schiavo, que ganhou uma versão especial, em espanhol, na voz da cantora Raquel Cepeda.

Vale lembrar o texto do saudoso jornalista e produtor musical, Antonio Jorge Cavalcanti Netto sobre Marvio Ciribelli que ele considerava um artista múltiplo: “Além de exímio pianista é também arranjador, compositor e produtor. Graças a uma acuidade de espírito indiferente a atitudes de qualquer geração e imposições de modismo que, provavelmente, reduziriam seu potencial criativo, encontrou a fórmula pessoal e mais apropriada por meio da livre criação e pelo domínio da matéria prima com que melhor trabalha: a música. Marvio estudou piano erudito e popular, composição e harmonia, com a finalidade de estabelecer um discurso particular, inteiramente seu. Educado e consciente da importância e riqueza de suas raízes brasileiras, utiliza seus matizes e sua rítmica como referenciais ou ingredientes para uma ação inevitável para o improviso, fundamental para um exercício de liberdade que ultrapassa meras expectativas de mercado, rompendo as fronteiras do lugar comum e avançando para o eterno. Com seu inconfundível entusiasmo, Marvio tem feito da música um modo de vida compartilhado, desejoso de estabelecer uma felicidade coletiva, verdadeira e, sobretudo, coerente. Tudo na medida em que o seu coração pede”, ressaltava Antonio Jorge.

De Niterói para o mundo…

Marvio Ciribelli tem um jeito particular de tocar, com muita técnica e criatividade, em cada nota apresentada. Seus arranjos têm influência direta da fase de ebulição da Bossa Nova e do Samba Jazz, de mestres como Luiz Eça (Tamba Trio) e Antônio Adolfo (A Brasuca).

Com 18 discos gravados, em quase 30 anos de carreira, Marvio já comandou importantes projetos musicais pelo país e tem trabalhos importantes no campo do Jazz e da Bossa Nova, no Brasil e no exterior, onde se apresentou em quatro edições do Montreux Jazz Festival (Suíça); no Blue Planet in Concert (Alemanha); no Java Jazz Festival 2014 (Indonésia); no Brissago Jazz Festival (Suíça); e nos EUA, onde acaba de fazer mais uma turnê de sucesso.

O pianista já acompanhou artistas como Bibi Ferreira, Altay Veloso, Arthur Maia, Nilze Carvalho, Vanessa Rangel e Thaís Motta (cantora que produziu por nove anos) e vai lançar, também em 2017, um disco gravado junto do grupo holandês de Rock Progressivo, Focus.

Serviço:
Marvio Ciribelli lança Vogue Samba-Jazz na UFF
Data: 02 de maio de 2017, terça-feira
Horário: 20h
Local: Teatro da UFF
Endereço: Rua Miguel de Frias, 9, Icaraí, Niterói – RJ
Ingresso: R$ 40 (inteira) / R$ 20 (meia)
Capacidade: 344 lugares
Classificação etária: 10 anos
Duração: 80 min
Informações: (21) 3674-7531

NitNegócios