Memória Musical na Tela promoverá sessões gratuitas de filmes nacionais. A estreia será com “Gonzaga, de pai pra filho”, no Museu de Arqueologia de Itaipu e no Horto do Barreto seguidas de rodas de conversa sobre Cinema e música. A dobradinha cultural é tema do projeto “Memória Musical na Tela”, que promoverá exibições de cinco filmes nacionais que pincelam a história da Música Popular Brasileira (MPB) em sessões gratuitas, pela cidade. A estreia será nos dias 17 e 18 de agosto, com o filme brasileiro “Gonzaga, de pai pra filho” (2012). A primeira sessão, no dia 17, acontecerá no Museu de Arqueologia de Itaipu, às 18h30. A segunda, no dia 18, será no Horto do Barreto, às 17h.

O longa-metragem escolhido para abrir o projeto narra a trajetória de Luiz Gonzaga e Gonzaguinha, pai e filho, respectivamente, que se encontram e se perdem muitas vezes até se conhecerem de verdade. A mesma música que os uniu e os consagrou também os distanciou.

Após as sessões, que têm entrada franca, serão promovidas rodas de conversa sobre o filme, destacando os principais artistas e aspectos do gênero musical em questão. A seleção dos filmes e mediação com a plateia será feita pelo presidente do IMMuB, João Carino, que é radialista e pesquisador da música brasileira.

O projeto “Memória Musical na Tela” reforça a missão do Instituto Memória Musical Brasileira (IMMuB), sediado em Niterói desde 2006, que é de pesquisa, preservação e promoção da Música Popular Brasileira.

SERVIÇO:

Memória Musical na Tela

Exibições do filme “Gonzaga, de pai pra filho”

Data: 17 de agosto
Horário: 18h30
Local: Museu de Arqueologia de Itaipu (Praça de Itaipu, s/n)
Entrada gratuita
Data: 18 de agosto
Horário: 17 horas
Local: Horto do Barreto (Rua Doutor Luiz Palmier, s/n)
Entrada gratuita

NitNegócios