O Teatro Popular Oscar Niemeyer apresenta, nos dias 21 e 22 de novembro, no fim de semana de aniversário da cidade de Niterói, uma programação especial que será presencial e on-line (facebook @teatroniemeyer). São dois dias do Festival Miscelânea Popular, com diversas atrações gratuitas, entre música, circo, dança e teatro.

O Teatro vai seguir todos os protocolos sanitários definidos pela Secretaria Municipal de Saúde, que incluem a disponibilização de álcool em gel para higienização das mãos, aferição de temperatura na entrada, obrigatoriedade do uso de máscaras, tapetes sanitizantes e filas demarcadas, respeitando as medidas de distanciamento social. O teatro funcionará com 30% da capacidade.

Os assentos das cadeiras ficarão isolados para que haja o distanciamento de 2 metros entre cada espectador, entre outras medidas. O palco, a plateia e demais dependências passarão por higienização após as apresentações.

A equipe do Teatro foi capacitada nos protocolos sanitários e vai orientar os espectadores quando necessário. A aquisição de ingressos e distribuição de senhas será feita online, para evitar contato e aglomerações. No dia do evento, o espectador deve levar dispositivo móvel (celular, tablet) com o ingresso visível na tela para que possa ser efetuada a leitura do QR Code para validação da entrada.

 Programação Miscelânea

 Festival que conta com 8 espetáculos que mesclam música, dança, apresentações circenses e teatro. Evento selecionado pelo edital de Fomento às Artes da Secretaria Municipal das Culturas/ Fundação de Arte de Niterói da Prefeitura de Niterói.

 – “Todos os Ritmos para Crianças” –  Violúdico

Música, Infantil: 04 artistas, 60 minutos

Data: 21 de novembro de 2020, sábado

Horário: 16h

Formato: Presencial e ao Vivo

Entrada franca. Retirada do ingresso através do site sympla.

Em “Todos os Ritmos para Crianças”, um show inédito em Niterói, os pequeninos e adultos irão se divertir muito ao som de ritmos como rock, samba, jazz, funk, reggae, axé, bossa nova, carimbó e outros misturados em um só show. Respeitando todos os protocolos de segurança, o grupo tocará ao vivo, criando um ambiente interativo todos brincarem de seus lugares. O repertório apresentará composições interativas de seus programas na TV BRASIL e outras inéditas que mesclam diversos gêneros e ritmos musicais contagiantes, que vão na contramão dos velhos “clichês” e “estereótipos” da maioria das músicas infantis, como versões inusitadas de cantigas de rodas. Com muito bom humor, o show brinca com tutoriais de danças de diversos ritmos, manipulação de bonecos e bugigangas, além de muitas brincadeiras musicais com histórias engraçadas e um concurso e máscaras, que são obrigatórias nesta pandemia. O Violúdico vai escolher a melhor máscara da tarde. O ganhador ou ganhadora levará um prêmio especial para a casa.

Felipe Moura – Voz e violão/ Filipe Fernandes – Voz e coreografia/ Felipe DZT – Voz e bateria/ Marcus Adami – Contrabaixo e Voz

– Los Campello’s incríveis Malabaristas – Thiago Campello e Ariane Campello

Circo, adulto: 02 artistas, 30 minutos

Data: 21 de novembro de 2020, sábado

Horário: 17h

Formato: Presencial e ao Vivo

Entrada franca. Retirada do ingresso através do site sympla.

Os Malabaristas Thiago Campello e Ariane Campello apresentam seus números de malabarismos e equilibrismos, levando a plateia a uma experiência única.

Homem Foca: o artista faz diversos equilíbrios com a bola, equilibrando-a em vários aparelhos com a boca e nos monociclos.

Equilíbrio dos Pratos Bailarinos: a artista precisa equilibrar 10 pratos de louça ao mesmo tempo e retirar todos antes que caiam.

Malabares: os artistas realizam diversos truques e com variados aparelhos de malabarismo, como claves, aros, chapéus e câmbios tudo em altíssima velocidade.

Malabaristas e Equilibristas: Thiago Campello e Ariane Campello.

 – Eco – Cia Paradoxo

Dança, adulto: 13 artistas, 30 minutos.

Data: 21 de novembro de 2020, sábado

Horário: 18h

Formato: Presencial e ao Vivo

Entrada franca. Retirada do ingresso através do site sympla.

“Eco”, espetáculo da cia niteroiense de dança Paradoxo é a repetição de um elemental dramático que se dá pela reflexão de uma mudança de pensamento.

Bailarinos: Alane Novaes, Ana Elisa, Ariane Pereira, João Vitor, Juan Augusto, Lais Teles, Lucas Narciso, MarcellaCastelar, Herbert Renato, Victória Takae, Suzana Quintanilha, Isabella Decnop, Luã Lima.

 -Super Moça – Izabella Van Hecke

Teatro, adulto: 01 artista, 60 minutos

Sábado, 21 de novembro de 2020, às 20h

Formato: Presencial e ao Vivo

Entrada franca. Retirada do ingresso através do site sympla.

História de Pérola, uma comissária de voo, que há 20 anos abriu mão do seu sonho de ser atriz, ao fazer uma prova para o emprego de aeromoça em uma empresa aérea e ser bem-sucedida. Agora 20 anos depois, Pérola faz seu último voo, aluga um pequeno teatro, ensaia um monólogo sobre Jocasta e corre para sua estreia. Ao se deparar com a casa cheia, ela se esquece do texto e começa a contar sua história de vida, apegada ainda a velhos hábitos da comissária. Pérola acaba usando seu tempo no teatro para contar as aventuras, loucuras e emoções da vida no ar.

Izabella Van Hecke – Atriz/ Júlio Luz – Produtor/ Márcio Azevedo – Autor e Diretor/ Carlos Neiva – Técnico

 – O Mágico de Oz – Cia Jukah

Teatro, Infantil: 10 artistas, 60 minutos

Data: 22 de novembro de 2020, domingo

Horário: 16h

Formato: Presencial e ao Vivo

Entrada franca. Retirada do ingresso através do site sympla.

O Mágico de Oz conta a história de Dorothy Gale, uma órfã que vivia com os tios numa fazenda do Kansas. Um dia, um ciclone arranca do chão a casa onde moravam. Os tios conseguem entrar no porão que usavam como abrigo para tempestades, mas Dorothy e seu cachorro, Totó, se atrasam e ficam na casa, que é levada pelos ares até chegar num mundo encantado, a Terra de Oz. Quando a casa aterrissa, Dorothy e Totó encontram Glinda, a Bruxa Boa do Norte, que lhes explica que a casa caiu em cima da Bruxa Malvada do Leste. Dorothy agora, por direito, dona dos sapatos mágicos de rubi da Bruxa do Leste, é ameaçada pela Bruxa Má do Oeste, que promete lhe tomar os sapatos mágicos. Glinda, para a segurança deles, envia Dorothy e Totó a uma grande aventura a caminho da Cidade das Esmeraldas, onde vive o poderoso Mágico de Oz, o único que poderia ajudá-la a voltar para o Kansas. Para chegar à Cidade das Esmeraldas, Dorothy tem que seguir por uma estrada de tijolos amarelos. Durante a caminhada, ela encontra o Espantalho, o Homem de Lata e o Leão Covarde. Os três se juntam a Dorothy, pois também querem encontrar Oz e pedir algo para ele: o Espantalho quer um cérebro para pensar como os homens; o Homem de Lata, um coração para amar como os homens, e o Leão Covarde quer coragem para ser o Rei dos Animais. A partir daí, os quatro encaram perigos, vivem histórias fantásticas e aprendem a enfrentar os próprios medos.

Adaptação: Diego Ramos e Nicolle Guenther/ Direção: Diego Ramos / Sonoplastia: Diego Ramos/ Coreografia: Marina Ramos/ Atores – Dorothy: Nicolle Guenther• Espantalho: Luan Marques • Homem de Lata: Renan Freira • Leão Covarde: Ramon Luiz • Bruxa Má do Oeste: Caroline Alves •Glinda: Itaiara Lago • Mágico: Aldo Frey • Muchkin/Macaco Alado: Marina Ramos • Muchkin/Macaco Alado: Tayssa Marques.

 – Só – Renê Carvalho

Circo, infantil: 01 artista, 45 minutos.

Data: 22 de novembro de 2020, domingo

Horário: 17h

Formato: Presencial e ao Vivo

Entrada franca. Retirada do ingresso através do site sympla.

Renéias é um artista que tem o sonho de montar um espetáculo, o que não é nem um pouco simples e fácil. Como sua vontade de se apresentar é maior que seus recursos, ele resolve dar conta de todas as tarefas que precisam ser feitas para que o show possa começar e continuar. Para isso, o personagem usa de toda a sua coragem para poder compartilhar o seu amor ao ofício e, com isso, ganha uma qualidade decisiva pra qualquer ser humano: a liberdade. Entre um número e outro, Renéias presenteia a plateia com uma sucessão de números circenses e gags, que vão revelando um ser errante, frágil e singelo: o palhaço. Uma divertida comedia infanto-juvenil, que leva o público a uma reflexão de valores que se perdem ao longo dos anos, como coragem para seguir seus sonhos, a luta pela liberdade de ser quem se é e se divertir como puder, além da importância do amor nas relações cotidianas. Uma andorinha só não faz verão.

Direção: Marcio Libar/ Roteiro: Marcio Libar e Renê Carvalho / Ator: Renê Carvalho / Figurino: Renê Carvalho/ Sonoplastia: Emerson Espíndola/ Cenografia: Emerson Espíndola e Renê Carvalho.

 – Pé de Cachimbo – Cia Vivá

Dança, infantil: 07 artistas, 50 minutos.

Data: 22 de novembro de 2020, domingo

Horário: 18h

Formato: Presencial e ao Vivo

Entrada franca. Retirada do ingresso através do site sympla.

Espetáculo premiado no EDITAL FOMENTO CIDADE OLÍMPICA 2016 – Rio de Janeiro (Circulou na Programação Oficial das Olimpíadas 2016 nas Arenas Cariocas), MENÇÃO HONRROSA NO 10 Prêmio Zilka Salaberry pela QUALIDADE DO ESPETÁCULO EM TEATRO – DANÇA NO RJ; e por todo o sucesso já alcançado e com a grande satisfação do público nos equipamentos culturais convencionais e alternativos em que o espetáculo já foi realizado Um projeto de extrema relevância para a dança brasileira que tem um cunho de resgate para raiz folclórica da cultura, apontando perspectivas e desdobramentos para uma cena que é múltipla e potente no fazer e pensar de uma arte constituída de encontros e movimentos do imaginário brasileiro.

Direção e Concepção: Carlos Fontinelle/ Direção de Produção e Assessoria de Imprensa: Claudia Bueno/ Ensaiadora: Karina Mendes/ Iluminação: Mauro Carvalho/ Bailarinos/intérpretes: Carlos Fontinelle, Diego Endrigo, Daniel Oliveira, Jennifer Rodrigues, Nayanne Cavalcante, Adriana Bastos e Wallace Guimarães / Redes sociais e projetos: André Adami / Cenário e Figurinos: Fontinelle Criações Artísticas.

 – Um Amô Canta Mulheres

Música, adulto: 06 artistas, 60 minutos.

Data: 22 de novembro de 2020, domingo

Horário: 20h

Formato: Presencial e ao Vivo

Entrada franca. Retirada do ingresso através do site sympla.

Uma banda genuinamente carioca que traz na sua linha de frente quatro mulheres pretas com a missão de levar alegria e entretenimento através da musicalidade, contagiando e inspirando pessoas, em especial as mulheres.

Um Amô tem como característica passear pelos gêneros da música popular brasileira, por meio dos seus arranjos percussivos que não deixam ninguém parado. Neste show do projeto Miscelânea, a banda preparou um repertório especial com músicas que fizeram sucesso nas vozes de cantoras brasileiras, passeando por gêneros como mpb, pop, rock, sertanejo, funk, axé e samba, mostrando a diversidade de mulheres talentosas e inspiradoras que há no cenário musical.

Formação – Mariana Braga: voz, violão e cavaquinho/ Thalita Santos: surdos/ Allana Marinho: tamborim e efeitos/ Ana Beatriz Tinoco: caixa

Músicos da Banda – Isaac Mendhel – Guitarra/ Emmanoel Dário – Baixo/ Macaco Branco – Percussão Geral

 Serviço:
Miscelânea Popular
Data: 21 e 22 de novembro
Classificação: Livre
Ingresso: Gratuito, limitado a 02 por CPF. Reserva somente online no site da Sympla. Até quarta estará disponível para aquisição do ingresso. Favor não imprimir o ingresso. No dia do evento, trazer dispositivo móvel (celular, tablet) com o ingresso visível na tela para que possa ser efetuada a leitura do QR Code para validação da entrada. Endereço: Rua Jornalista Rogério Coelho Neto, s/n – Caminho Niemeyer, Centro, Niterói – RJ.

NitNegócios